Asteroide chega de surpresa e passa entre a Terra e satélites de comunicação

Tempo de leitura: < 1 min.

A rocha espacial passou acima da África do Sul a uma altura muito menor do que os satélites geoestacionários.

Asteroide chega de surpresa e passa entre a Terra e satélites de comunicação
Imagen ilustrativa Pixabay.com / geraltSíguenos Facebook

Um asteroide passou muito perto da Terra e foi detectado apenas na manhã deste 31 de outubro, menos de uma hora antes dele ‘chegar’ em nosso planeta.

O objeto espacial, que foi nomeado C0PPEV1, foi capturado inicialmente pelo US Catalina Sky Survey e depois por vários outros observatórios no país norte-americano. O asteroide se aproximou a apenas 6.200 quilômetros da superfície da Terra, passando sobre o sul da África a uma velocidade de aproximadamente 43.452 quilômetros por hora.

Daqui a 45 minutos (agora \u003d 31/10/19 7:00 PDT), o #asteróide C0PPEV1 recém-descoberto passará apenas 6200 km acima da superfície da Terra. 45 minutos atrás, estava passando pela sombra da Terra. Isso é muito mais próximo do que nossos satélites geoestacionários.

A título de comparação, os satélites de telecomunicações geoestacionários orbitam 35.786 km, enquanto a Estação Espacial Internacional fica a cerca de 400 quilômetros acima do nível do mar. Os pesquisadores estimam que o diâmetro do C0PPEV1 é entre 2 e 7 metros, por isso é muito pequeno para representar uma ameaça real, mesmo que tivesse atingido o nosso planeta.

No entanto, essa abordagem demonstra mais uma vez a vulnerabilidade a um possível impacto de asteroide ao qual estamos expostos, apesar dos esforços da NASA e de outras agências espaciais para detectar objetos que possam representar um perigo para a Terra a tempo.

(Fonte)


Como pode ser visto aqui e aqui, esta não foi a primeira vez que uma rocha espacial nos pega de surpresa… e certamente não será a última. E uma dessas próximas vezes poderá realmente nos “atingir de surpresa”, como foi o caso do meteoro de Chelyabinsk, na Rússia.

Por enquanto, não há nada que possamos fazer para desviar esses perigos em potencial, embora
projetos já estejam sendo testados para tal fim.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.