web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

OVNIs/armas nucleares: Por que o governo dos EUA está escondendo o que sabe?

Tempo de leitura: 3 min.

Robert Hastings, o delator que há anos afirma que alguns OVNIs têm interferido com bases e armamentos nucleares nos Estados Unidos (e também é parte principal de outro artigo de hoje aqui), escreveu o seguinte texto para o Washington Examiner:

OVNIs/armas nucleares: Por que o governo dos EUA está escondendo o que sabe?
Robert Hastings em palestra a respeito da interferência dos OVNIs com os armamentos nucleares dos EUA.

O relatório recente de objetos voadores não identificados do governo dos EUA não tem precedentes. Ele reconhece, pela primeira vez, que alguns OVNIs (ou o que o governo dos EUA chama de ‘Fenômenos Aéreos Não Identificados’) parecem ser naves ultra-avançadas reais de origem desconhecida.

Voltando 70 anos, virtualmente todas as declarações dos militares dos EUA rejeitaram o fenômeno como objetos conhecidos identificados incorretamente, como balões meteorológicos, ilusões de ótica ou boatos. Simplificando, o novo relatório é um grande afastamento da política anterior de negação e ofuscação. Mas essa franqueza só vai até certo ponto. O relatório ignora completamente o elefante na sala: Centenas de relatórios de veteranos militares, a maioria dos quais eu mesmo entrevistei, envolvem atividade de OVNIs em locais de armas nucleares, incluindo a misteriosa desativação de nossos mísseis balísticos intercontinentais.

A conexão OVNI-armas nucleares é claramente um aspecto importante, senão o mais importante, da interação OVNI com os militares dos EUA.

Em 27 de setembro de 2010, co-patrocinei uma conferência de imprensa ‘UFOs and Nukes’ em Washington, D.C. Foi lá que sete veteranos da Força Aérea dos EUA revelaram seu envolvimento em incidentes relacionados a OVNIs em locais de mísseis nucleares ou áreas de armazenamento de armas. A CNN transmitiu ao vivo o evento, e o vídeo pode ser visto no meu site. Também estão disponíveis para revisão vários documentos relativos a várias incursões de OVNIs em laboratórios de armas nucleares e locais de implantação de defesa estratégica.

A importância crucial dos casos relacionados às bases nucleares foi agora abertamente reconhecida pelo ex-líder da maioria no Senado dos EUA, Harry Reid. Reid foi responsável pela criação do recentemente revelado grupo de estudos de OVNIs do Pentágono, o Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP). Também no registro sobre a conexão nuclear está o ex-diretor da AATIP, Luis Elizondo, bem como o físico da AATIP, Dr. Harold Puthoff. O ex-vice-secretário assistente de Defesa para Inteligência, Christopher Mellon, também confirmou publicamente as incursões de OVNIs de longa data, generalizadas e contínuas em nossas instalações de armas nucleares.

Isso levanta uma questão: Por que a Força-Tarefa OVNI do governo se limitou a investigar 144 avistamentos de OVNIs por tripulações militares dos EUA? E por que apenas desde 2004?

Certamente, esses casos são importantes. No entanto, ao limitar a investigação apenas a estes, e não aos muitos incidentes envolvendo a interferência de OVNIs em nossas armas nucleares, o novo relatório com efeito perpetua o acobertamento da consideração de segurança nacional mais importante. Consequentemente, a atenção do público e da mídia atual está focada nos encontros dos pilotos, enquanto os relatórios de dezenas de veteranos da Força Aérea de OVNIs repetidamente desligando nossos mísseis ICBMs, em várias bases de mísseis da Força Aérea ao longo de muitas décadas, permanecem um assunto tabu para discussão aberta, pelo menos oficialmente.

Significativamente, documentos soviéticos (obtidos em 1994 pelo repórter investigativo George Knapp) indicariam que os soviéticos também tiveram interferência de OVNIs em seus próprios mísseis nucleares. O “fenômeno” não tinha favoritos durante a era da Guerra Fria.

Com base em minha extensa pesquisa, está claro que o Escritório de Investigações Especiais da Força Aérea, bem como a Agência de Inteligência de Defesa, são alguns dos principais repositórios para relatórios sobre os incidentes nucleares. Até que algum esforço seja realizado, esperançosamente pelo Congresso, para investigar os arquivos OVNIs ainda ocultos, as pessoas não terão uma ideia precisa da natureza e extensão da interação de nossos militares com os OVNIs.

Esta situação lamentável foi claramente lamentada por Mellon em sua recente lista de ‘Perguntas para o Congresso’ relacionadas aos OVNIs‘. Mellon escreveu:

“Sabemos indiscutivelmente a partir de documentos obtidos por meio da Lei de Liberdade de Informação (de sigla em inglês, FOIA) que houve inúmeras invasões de OVNIs nas bases ICBM (mísseis nucleares) dos EUA e em bases de bombardeiros estratégicos e instalações de produção nuclear (por exemplo, Hanford e Oak Ridge, etc.). Quantos desses incidentes o relatório confidencial revela? Se não revelar nada, qual é a credibilidade dessa conclusão?”

Na verdade, quão credível? Embora nós, de domínio público, não tenhamos acesso às informações contidas na versão confidencial do relatório, parece que casos relacionados com bases nucleares, como os que documentei, foram completamente evitados. Onde isso nos deixa?

Bem, embora o relatório do OVNI seja extraordinário devido à admissão fundamental de que alguns OVNIs parecem ser naves desconhecidas e reais que demonstram interesse nas operações e instalações militares dos EUA, ele está incompleto. Omitindo referência a um aspecto inegavelmente importante da atividade OVNI que, a evidência sugere, continua até os dias atuais (observe que os porta-aviões da Marinha dos EUA, que parecem ser um ponto focal para OVNIs, são movidos por reatores nucleares).

Pesquisadores, a mídia e o público em geral devem pressionar muito por mais honestidade de nosso governo.

– Robert Hastings

(Fonte)


Mas se os militares acharem que abrir mão dessas informações irá demonstrar a fraqueza por parte de seus dispositivos de proteção aos armamentos nucleares, então podemos ficar sentados esperando, pois nunca irão admitir isto – e esta pode ser a resposta para o que é perguntado no título deste artigo.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é produtos-OVNI-Hoje-1.jpg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Loja-Nerd.jpg

Leitores OVNI Hoje ganham 10% de desconto em todos os produtos da Loja Nerd, inclusive nos produtos OVNI Hoje. (Use o cupom OVH10)


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp