Bactéria sobrevive fora da Estação Espacial durante todo o ano

Tempo de leitura: < 1 min.
Bactéria sobrevive fora da Estação Espacial durante todo o ano

Os cientistas identificaram uma bactéria que parece surpreendentemente capaz de sobreviver no vácuo do espaço.

Há muito, cientistas especulam sobre quais processos podem ter dado origem à vida em outros mundos.

Um desses processos, conhecido como panspermia, envolve a vida de um planeta sendo transportada para outro em asteroides e cometas que entraram em contato com um mundo habitado.

Dado o tempo que levaria para transportar organismos a distâncias tão vastas, seria necessário que eles sobrevivessem no vácuo do espaço por talvez milhões de anos de cada vez.

Embora isso possa parecer impossível, uma bactéria da Terra particularmente resistente demonstrou recentemente que a ideia de sobreviver por períodos extremos de tempo no espaço pode não ser tão rebuscada.

Conhecida como Deinococcus radiodurans, a bactéria – que foi originalmente encontrada dentro de uma lata de carne – não teve problemas para sobreviver em uma plataforma especial situada fora da estação espacial.

Estudos anteriores também indicaram que ela pode sobreviver por muito mais tempo – pelo menos três anos.

A bioquímica Tetyana Milojevic da Universidade de Viena, informou:

Essas investigações nos ajudam a entender os mecanismos e processos pelos quais a vida pode existir fora da Terra, expandindo nosso conhecimento sobre como sobreviver e se adaptar no ambiente hostil do espaço sideral.

Os resultados sugerem que a sobrevivência de D. radiodurans em LEO (Low Earth Orbit [Órbita Baixa da Terra]) por um período mais longo é possível devido ao seu sistema de resposta molecular eficiente e indicam que viagens ainda mais longas e mais distantes são alcançáveis ​​para organismos com tais capacidades.

(Fonte)


Microorganismos já foram encontrados anteriormente sobrevivendo fora da Estação Espacial Internacional, como já relatado aqui no OH. Pelo que tudo indica, a panspermia pode mesmo ser uma realidade.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.