Cópias de nossa civilização podem existir em mundos alienígenas – diz astrônomo

Tempo de leitura: 3 min.

Um astrônomo proeminente diz que não é uma questão de saber se existem alienígenas, mas sim de onde eles existem.

Cópias de nossa civilização podem existir em mundos alienígenas - diz astrônomo
Crédito: Domínio público

Ele está convencido de que não estamos sozinhos no Universo e cópias completas de nossa civilização, ou cópias ligeiramente diferentes, podem ser encontradas em mundos alienígenas.

Na sua opinião, também é possível que as civilizações antigas possam ter armazenado seu conhecimento em uma espécie de nuvem cósmica, que poderia ter sobrevivido à sua extinção e ainda estar presente milhares ou milhões de anos depois.

Esse armazenamento de conhecimento extraterrestre é como uma cápsula do tempo.

O homem por trás dessas palavras ousadas é Alexander Panov, pesquisador líder do Instituto de Pesquisa em Física Nuclear da Universidade Estadual de Moscou.

Panov passou muitos anos trabalhando na Busca por Inteligência Extraterrestre (de sigla em inglês, SETI) no Conselho Científico da Academia Russa de Ciências em Radioastronomia. Durante esse período, ele viu muitas coisas que deram errado, como por exemplo, falta de comunicação entre cientistas envolvidos na busca por vida extraterrestre.

A arqueologia espacial pode nos ajudar a encontrar antigas ruínas extraterrestres

Outra questão importante discutida por Panov é o assunto negligenciado da astroarqueologia. Conforme relatado anteriormente, o Dr. Abraham ‘Avi’ Loeb, professor de astronomia em Harvard, acha que devemos nos concentrar mais na arqueologia espacial. Ao mapearmos locais do espaço, podemos esperar encontrar o inesperado. Existem ruínas e artefatos antigos espalhados por todo o nosso planeta. Esses locais antigos não poderiam estar presentes em mundos alienígenas? Os extraterrestres não poderiam ter construído monumentos e deixado evidências de sua existência?

Panov compartilha a opinião do Dr. Loeb e enfatiza a importância de determinar se a vida extraterrestre nos visitou nos últimos dez milhões de anos. Fotografias altamente detalhadas da superfície da Lua podem fornecer evidências cruciais de visitas extraterrestres pré-históricas em nossa proximidade.

Panov é um cientista de mente aberta, mas ele não vê nenhuma evidência de que os OVNIs possam ser naves extraterrestres visitando nosso planeta.

Procura por Esferas de Dyson

Como outros cientistas, Panov propõe que não devemos limitar nossos esforços para procurar mensagens alienígenas, mas também por sinais de estruturas de astroengenharia, como as Esferas de Dyson. Os dados astronômicos podem revelar estrelas com usinas de energia em órbita chamadas Esferas de Dyson: megaestruturas que orbitam uma estrela e capturam uma grande proporção de sua energia.

Elas foram propostas pelo físico Freeman Dyson há mais de 50 anos, como uma maneira provável de civilizações avançadas poderem alimentar suas sociedades sedentas de energia.

Cópias de nossa civilização podem estar presentes em mundos alienígenas

A ideia de que cópias de nossa civilização, ou pelo menos seres semelhantes a nós, possam existir em mundos alienígenas não é exagerada. Como Panov aponta, de acordo com a teoria da inflação, o Universo primitivo expandiu-se exponencialmente e rapidamente por uma fração de segundo após o Big Bang.

Isso significa que o Universo é extremamente grande, possivelmente muito maior do que podemos imaginar.

Panov sugere que somente em nossa galáxia poderia haver dezenas de civilizações semelhantes à nossa, mas simplesmente ainda não as detectamos. Só porque não podemos vê-las não significa que elas não existam.

Também não devemos esquecer a teoria da Panspermia, que se baseia na ideia de que a vida pode se propagar de um planeta para outro. Loeb apresentou uma teoria intrigante sugerindo que os micróbios da Terra podem ter escapado para o espaço e viajado para estrelas alienígenas.

Loeb escreve em seu artigo científico:

Impactos na superfície de um planeta podem lançar detritos acima da velocidade de escape do planeta, permitindo que estes se espalhem por todo o sistema planetário, constituindo um mecanismo plausível para a troca de vida entre planetas que orbitam a mesma estrela.

Os cometas de longo período representam uma população de corpos que podem ser facilmente expulsos do Sistema Solar por interações gravitacionais com planetas, devido às suas baixas energias de ligação gravitacional e às órbitas planetárias que atravessam. Isso os torna ideais, em princípio, para pegar a vida na Terra e exportá-la do Sistema Solar.

Esta é apenas uma teoria, mas suponha que por um minuto esse evento realmente aconteceu há muito tempo. Depois de viajar pelo cosmos por milhares ou talvez milhões de anos, esse cometa acabaria colidindo com um planeta. As implicações disso são enormes. Isso significaria que os micróbios de nosso próprio planeta estão presentes em mundos alienígenas onde eles podem ter semeado a vida.

Se procurarmos por vida extraterrestre, devemos permanecer abertos a todas as possibilidades, por mais implausíveis que possam parecer. O espaço é vasto e pode haver surpresas surpreendentes por aí.

(Fonte)


E o inverso também pode ter ocorrido: nosso planeta foi semeado por vida de outros lugares do Cosmos.

n3m3

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PESSOAS MISTERIOSAS COM OSSOS INQUEBRÁVEIS

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.