web analytics

O lendário encontro de Carl Sagan e Patrick Moore

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

No episódio de 15 de maio de 1974 de ‘The Sky at Night‘ (O Céu Noturno), o astrônomo britânico Patrick Moore conversou com o astrônomo norte-americano Carl Sagan sobre as muitas vertentes investigativas que precisariam ser seguidas ao procurar por vida alienígena.

Carl Sagan conversou com Patrick Moore sobre a busca por vida alienígena no episódio de 15 de maio de 1974 de The Sky at Night. Crédito: BBC

E, talvez sem surpresa, as opiniões de Sagan sobre o futuro da procura de vida extraterrestre foram notavelmente proféticas, refletindo com precisão como os cientistas estão realmente à procura de vida fora da Terra, 50 anos depois.

Sagan disse na entrevista:

“Um deles é o trabalho de laboratório sobre a questão da origem da vida, criando as moléculas que [iriam]… eventualmente a levar até nós.”

Hoje, o trabalho de laboratório investiga como as moléculas presentes no nascimento do nosso planeta poderiam evoluir para a química complexa vista hoje.

Sagan disse:

“O segundo é um estudo da química orgânica em lugares como Júpiter, cometas e o meio interestelar.

É notável que as moléculas da vida estejam espalhadas pelo cosmos.”

Produtos orgânicos foram encontrados em Marte, luas, asteroides, cometas e até em Plutão, bem como nos discos de formação de planetas em torno de estrelas jovens.

Sagan ainda disse:

“Em terceiro lugar, a exploração de planetas vizinhos, em particular em busca de compostos relacionados com a vida.”

Muitas pesquisas neste campo se concentraram em Marte, culminando no jipe-sonda Perseverance, que retornará amostras à Terra na década de 2030.

Agora o interesse está se voltando para as luas geladas, com missões planejadas para Europa e Titã.

Sagan na entrevista, que fundou o Instituto SETI que procura sinais, embora nenhum tenha sido encontrado, ainda disse:

“Depois, há o trabalho sério – a longo prazo, paciente e cauteloso – de investigar outras estrelas em busca de potenciais sinais enviados em nossa direção.”

Uma área que Sagan não considerou foi o estudo de exoplanetas. Os primeiros só seriam descobertos 15 anos após a entrevista, mas agora são fundamentais para a busca de vida fora da Terra.

(Fonte)


Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code