web analytics

Grande apagão da Argentina de 2019: o que não estão te contando

Tempo de leitura: 2 minutos


O grande apagão da Argentina, que também afetou o Uruguai, aguçou a imaginação de muitas pessoas, principalmente porque está sendo difícil determinar sua real causa. Mas alguma informação começa a ser divulgada, embora algumas teses sejam absurdas…

Grande apagão da Argentina: o que não estão te contando

O presidente Mauricio Macri estava descansando em sua casa de campo nos arredores de Buenos Aires, quando todo o país ficou sem luz, em um corte de energia que afetou mais de 40 milhões de pessoas e se espalhou para o Uruguai. Daquele refúgio de família, ele ordenou que fosse investigado e o informasse o que aconteceu.

Ele colocou o fardo sobre o Secretário de Energia, Gustavo Lopetegui, um homem do seu círculo íntimo. No calor da batalha, quando o corte já durava oito horas, Lopetegui disse que levaria duas semanas para descobrir o que produziu o maior apagão já ocorrido na Argentina.

Na segunda-feira, com o serviço já restaurado em 95%, ele observou o impacto político do incidente e prometeu que tal corte de energia “não acontecerá de novo”.

Lopetegui explicou:

O que sabemos é que às 7h07 houve uma falha no sistema de transporte do Litoral, falhas que ocorrem regularmente, mas que essa falha não foi algo anormal. O que é extraordinário e não deveria ter ocorrido foi a cadeia de eventos subsequentes que causou a desconexão total.

Para descobrir o que aconteceu, Lopetegui pediu para esperar o resultado dos testes.

Ele disse:

Temos que ir até o fim para entender o que aconteceu e punir aqueles que foram responsáveis ​​por não terem cumprido algo que era de sua responsabilidade. Mas nós saberemos isso em 15 dias.

A principal hipótese oficial para o apagão da Argentina aponta para uma falha em uma das linhas de alta tensão que liga as represas de Yacyretá e Salto Grande, localizadas ao norte de Buenos Aires, nos rios Paraná e Uruguai. Quando uma linha tem problemas, um sistema automático desconecta-a ​​da rede nacional e fornece o déficit de eletricidade de qualquer outro ponto da rede.

Por alguma razão desconhecida, um computador decidiu que o risco era muito alto, desligou o sistema e deixou toda a Argentina e boa parte do Uruguai sem luz. Como era um corte automático, sem intervenção humana, a reconexão tinha que ser feita em etapas para poder restabelecer o suprimento.

Diferentes hipóteses para o grande apagão da Argentina

É curioso como diferentes hipóteses surgem agora para os oficiais que mostrariam que o blecaute foi causado pela aproximação de um asteroide na órbita inferior da Terra; muitas testemunhas dizem isso.

A terceira menos conhecida hipótese é a intervenção dos EUA no sistema de computador para incentivar medidas de melhorias no abastecimento e fazer com que os governos da América do Sul adquiram a energia dos EUA…

(Fonte)

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


De todas as teorias sobre o grande apagão da Argentina, a citada por último no artigo acima é a mais ridícula. Os EUA não estão muito preocupados com vender energia para países da América do Sul, pois eles mesmo sofrem de déficit de energia e precisam constantemente incrementar suas fontes.

A segunda teoria, a da aproximação de um asteroide, também não faz sentido algum, pois a única forma de um asteroide ter afetado o fornecimento de energia seria através de uma grande explosão na atmosfera sobre a rede de abastecimento (uma explosão como a de Tunguska), ou um impacto direto na mesma.

Mas certamente a mais romântica de todas as teorias – contudo improvável neste caso, a não ser que testemunhas se manifestem relatando o ocorrido – seria mesmo a de que um OVNI teria sugado a energia de uma das centrais, causando um impacto em toda rede. Você pode pensar que esta é uma teoria ridícula, mas há muitos casos relatados em todo mundo de tais ocorridos.

Seja lá qual for a real causa desse apagão, especialistas dizem que ele deveria ter sido limitado e não ter tomado as proporções que tomou.

Assim, a única coisa que sabemos ao certo é que nossas redes de distribuição de energia são muito frágeis, e eventos como esse que ocorreu na Argentina podem ocorrer a qualquer momento em qualquer parte do mundo.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.



Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado superior direito de cada comentário.

Obrigado.