Planetas passam despercebidos pela NASA em foto do Hubble

Tempo de leitura: < 1 min.
Em uma reanálise das fotos enviadas pelo Telescópio Hubble em 1998, astrônomos encontraram evidências visuais de dois planetas extrasolares que passaram despercebidos.
O descobrimento destas imagens dão aos astrônomos uma valiosa ‘máquina do tempo’ para ser utilizada na comparação de dados anteriores às recentes observações.  Ela também demonstra uma nova abordagem a ser utilizada para a caça de planetas a partir dos arquivos do Hubble.
A imagem da esquerda mostra a estrela HR 8799, fotografadoa pela Câmera Infra-vermelha do Hubble em 1998. O centro da imagem mostra um processamento recente dos dados com um novo software sofisticado. O processamento remove a maioria da luz estelar, para revelar os planetas ocultados pela luz estelar, orbitando a estrela. (Credito: NASA; ESA; STScI, R. Soummer)

Os três planetas gasosos externos possuem órbitas de aproximadamente 100, 200 e 400 anos. Isto significa que os astrônomos precisam esperar um longo tempo para ver como os planetas estão se movendo em seus trajetos.  Assim, o planeta mais lento mal mudou sua posição dentro da órbita em 10 anos.

Os planetas não foram encontrados em 1998, quando as observações foram feitas pelo Hubble, porque os métodos usados para sua detecção não estavam disponíveis na época.

O Telescópio Espacial Hubble é um projeto de cooperação internacional entre a NASA e a Agência Espacial Européia.

n3m3

Fonte: www.nasa.gov

Colaboração: Alessandro Guerreiro

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.