web analytics

Elon Musk diz que em breve poderemos encontrar ruínas de civilizações extraterrestres

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

Durante uma entrevista no palco, ele foi comparado ao Sr. Spock ou ao Capitão Kirk, dada sua visão de levar a humanidade aonde ela nunca chegou e torná-la uma espécie multiplanetária. Referindo-se a isso, o CEO da SpaceX falou sobre o nosso lugar no universo e a possibilidade de encontrarmos outras civilizações por aí.

Elon Musk diz que em breve poderemos encontrar ruínas de civilizações extraterrestres
Elon Musk deu sua opinião sobre vida extraterrestre em conferência no Milken Institute. (Captura de vídeo)

Musk disse:

“Se enviarmos sondas espaciais, poderemos encontrar restos de civilizações alienígenas há muito desaparecidas. Se a física estiver correta, o Universo tem cerca de 13,8 mil milhões de anos, enquanto a Terra tem cerca de 4,5 mil milhões de anos. Nessa escala de tempo, uma civilização que durou apenas um milhão de anos é um número insignificante.”

Ele continuou:

“Tomemos a civilização humana como referência. Se considerarmos o início como o surgimento da escrita, teríamos que remontar aos antigos sumérios, há cerca de 5.500 anos. Isso significa que a escrita só existiu durante um milionésimo da vida da Terra. Se a nossa civilização durasse um milhão de anos, seria incrível. Provavelmente teríamos colonizado grande parte da galáxia.”

Apesar desta possibilidade de encontrar ruínas de antigas exocivilizações, o magnata explicou porque não acredita que alguém tenha conseguido nos visitar.

Ele brincou:

«Muita gente acredita que já existem alienígenas infiltrados entre nós, mas curiosamente são os mesmos que duvidam que tenhamos chegado à Lua. Pense nisso por um momento. Eu, pela minha parte, não vi nenhuma evidência de visitas extraterrestres. A SpaceX possui a constelação Starlink com cerca de 6.000 satélites em órbita, e nunca tivemos que manobrar para evitar um OVNI. Nunca houve um ‘Ei, o que é isso? Poderia ser um alienígena?'”

Embora isso seja verdade – houve apenas um “quase” – deve-se notar que os satélites Starlink não são feitos para detectar ou monitorar a presença de OVNIs em órbita, por isso não é lógico usá-los como base de argumento no assunto. Vale ressaltar também que nenhum foguete ou nave que saiu ou entrou em nosso planeta nos últimos anos colidiu com satélites Starlink, portanto uma civilização mais avançada que a nossa que nos visitasse também não teria problemas em fazer seus cálculos e evitá-los.

Ainda assim, a resposta de Musk tem alguma lógica. Ele aponta para a hipótese mais filosófica do que matemática da Terra especial, que alega que a vida na Terra, e em particular a vida humana, parece depender de uma longa e extremamente afortunada cadeia de eventos e circunstâncias, que podem muito bem ser raras ou irrepetíveis na escala cósmica.

Musk concluiu:

“Se alguma civilização na nossa galáxia tivesse durado um milhão de anos, mesmo com uma velocidade de viagem muito inferior à velocidade da luz – digamos, uma pequena percentagem dela – poderia ter explorado e colonizado toda a galáxia. Então, por que eles não fizeram isso? Penso que a resposta poderia ser – ou provavelmente é – que a civilização é algo precário e estranho. Devemos ver a humanidade como uma pequena vela numa vasta escuridão e devemos fazer todo o possível para que essa vela não se apague.”

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

A hipótese da Terra Especial é possivelmente a mais relevante a citar, pois alinha-se com as aspirações de Musk de colonizar Marte e outros mundos para garantir que a sobrevivência da nossa espécie não esteja ligada ao destino exclusivo do nosso planeta. Se não fôssemos tão especiais, com outras “humanidades” – ativas e não extintas – espalhadas pela galáxia, o ego necessário para nos tornarmos multiplanetários não seria o mesmo. Sem mencionar se algumas dessas espécies humanoides chegaram ao nosso mundo antes de chegarmos ao deles…

(Fonte-MP)


Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code