Tempo de leitura: 4 min.

Renomado astrofísico diz que os OVNIs não são uma ameaça

Tempo de leitura: 4 min.

O renomado pesquisador de OVNIs, cientista, matemático e astrofísico, Dr. Jacques Vallée, fez uma aparição, no programa de Joe Rogan no final de 2020 para discutir o fenômeno OVNI. No programa, ele afirmou que “temos que parar de reagir aos OVNIs como uma ameaça”.

Renomado astrofísico diz que os OVNIs não são uma ameaça
Jacques Vallée, acha que não temos nada a temer sobre os OVNIs. Será mesmo?

Ele passou a afirmar:

“Quero dizer, isso é tudo por trás dessa nova força-tarefa, por mais que eu respeite, você sabe, a força-tarefa, meus colegas e eu queremos cooperar com eles na medida em que possamos trazer informações ou recursos para o que eles fazem. Mas tem mais, isso não é, não deve ser encarado especificamente como uma ameaça… Com o fenômeno que observamos, se eles quisessem explodir aqueles [caças] F18 eles o teriam feito. Obviamente, não é disso que se trata, e essa ideia de rotular tudo como uma ameaça porque é desconhecido, essa é a ideia errada.”

Os jatos militares aos quais ele se refere vêm de vários encontros divulgados pela organização TTSA em cooperação com o Pentágono. É um dos muitos exemplos documentados desses tipos de encontros que não são apenas observados visualmente, mas também rastreados no radar.

Valée está correto em sua suposição de que não devemos reagir a esses objetos como uma ameaça? Aqueles que estiveram na posição de “saber” mais sobre o fenômeno têm, ao longo da história, compartilhado a mesma perspectiva. Por exemplo, já em 1947, o general Nathan Twining, que mais tarde se tornou o chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, explicou a natureza do fenômeno observado.

“O fenômeno relatado é algo real e não visionário ou fictício… As características operacionais relatadas, como taxas extremas de subida, manobrabilidade, e as ações que devem ser consideradas evasivas quando avistadas ou contatadas por aeronaves e radares amigáveis, faz-nos acreditar na possibilidade de que alguns dos objetos sejam controlados manualmente, automaticamente ou remotamente.””

General Nathan Twining, Relatório Técnico NARCAP

O ex-ministro da Defesa canadense Paul Hellyer afirmou que a natureza do fenômeno era benevolente e que é lamentável que o protocolo dentro das forças armadas seja/foi “atirar primeiro e fazer perguntas depois”.

Pode-se conectar essa afirmação ao fato de que, em março de 2019, o astrofísico Eric W. Davis, que passou anos trabalhando como consultor do programa OVNI do Pentágono (ele agora é um contratado de defesa) e deu um briefing confidencial ao Departamento de Defesa sobre o que ele chamou de “veículos fora do mundo não feitos nesta terra”.

O Dr. David Clarke, jornalista investigativo, leitor e professor da Sheffield Hallam University na Inglaterra, que também foi curador do The National Archives UFO Project de 2008 a 2013, tem falado sobre governos e seu desejo de ‘capturar’ esse tipo de tecnologia.

Em 2018, ele disse ao Daily Mail:

“Mesmo que tenham sido parcialmente censurados, eles não podem esconder o fato de que os militares do Reino Unido estavam interessados ​​em capturar a tecnologia OVNI ou o que eles timidamente chamam de ‘nova tecnologia de armas’… E os arquivos revelam que eles estavam desesperados para capturar essa tecnologia – de onde quer que ela veio – antes que os russos ou os chineses a pegassem primeiro… Embora isso fosse 1997, a Rússia ainda era vista como um inimigo invicto com um programa de armas considerado uma ameaça ao Ocidente.”

O ex-cientista sênior da NASA, Dr. Richard F. Haines, explicou como o fenômeno parece realizar manobras evasivas para evitar nossa aeronave, para não criar nenhum tipo de potencial de colisão. Isso é semelhante ao que Twining mencionou. O Dr. Haines é agora o Cientista Chefe da NARCAP, uma organização que investigou, documentou e analisou observações e incidentes relacionados à segurança da aviação que envolveram OVNIs desde 1999.

O coronel Ross Dedrickson, um ex-coronel da Força Aérea dos EUA que teve um longo período na Comissão de Energia Atômica dos EUA, chegou a afirmar que alguns desses objetos eram extraterrestres e que estavam preocupados com a preservação do nosso planeta.

Hermann Oberth, o “pai das astronáutica”, também conhecido como o “pai dos voos espaciais” declarou sua crença de que “discos voadores são reais” e que “são naves espaciais de outro sistema solar”. Ele acreditava que eles eram “tripulados por observadores inteligentes que são membros de uma raça que pode estar investigando nossa Terra há séculos”.

Ele escreveu essas palavras em “Flying Saucers Come From A Distant World“, The American Weekly, 24 de outubro de 1954:

“Os OVNIs são uma espécie de sentinela, aqui simplesmente para observar e relatar; porque uma humanidade tão talentosa como inventores e pesquisadores quanto nós, mas que permaneceu [estagnada] política e moralmente em nosso estágio de desenvolvimento, constituindo uma ameaça para todo o cosmos.”

Outro ponto de quem adere à teoria benevolente é o fato de que a existência desses objetos está documentada há milhares de anos, mas nenhuma ameaça ou ação hostil foi tomada. Por exemplo, há arte rupestre de 5.000 anos representando “seres do céu” feita por aborígenes nativos da Austrália.

Renomado astrofísico diz que os OVNIs não são uma ameaça
Pinturas aborígenes Wandjina, na Austrália Ocidental.

Pinturas semelhantes e mais antigas foram encontradas na Índia.

Indo para o ano de 1561, onde um evento que ocorreu em Nuremberg, na Alemanha, foi documentado pela imprensa. Naquele dia, vários “objetos cilíndricos” apareceram no céu. Então, dos objetos emergiram pequenos objetos redondos e objetos em forma de disco que eram vermelhos, pretos alaranjados e azuis. Abaixo está uma imagem do que foi impresso.

Renomado astrofísico diz que os OVNIs não são uma ameaça

Valée publicou seu trabalho “Wonders In The Sky” que fornece mais exemplos.

Existem milhares de exemplos. Outro vem na forma de uma passagem latina do século IX que, centenas de anos depois, ainda inspira os trabalhos de vários pesquisadores de OVNIs ao redor do mundo. Liber contra insulam vulgi opinionem é o nome do documento. Neste documento, o arcebispo de Lyon queixava-se de uma crença persistente entre o campesinato francês sobre uma “certa região chamada Magonia, de onde vêm os navios nas nuvens”. O arcebispo chegou a dizer que três homens e uma mulher que alegaram ter “caído desses mesmos navios” foram apedrejados até a morte, um evento que ele testemunhou pessoalmente.

Por mais que o folclore do fenômeno esteja repleto de histórias benevolentes de pessoas interessantes, bem como dezenas e milhares de supostos “contatados” com histórias semelhantes de seres com uma alta moralidade, também ocorre o oposto. Histórias malévolas de pessoas sendo levadas contra sua vontade, mutilações de gado, experimentação humana e a perda de vidas de pilotos militares que foram escalados para interceptar esses objetos também estão presentes na literatura. Também é preciso levar em consideração a possibilidade de experimentos de guerra psicológica serem conduzidos por governos, que têm uma longa história de infiltração em círculos de OVNIs para espalhar desinformação.

Por exemplo, em seu livro, “Forbidden Science 4”, Vallée explica como ele obteve documentos mostrando que “abduções de OVNIs” forçadas foram conduzidas pela CIA como experimentos de guerra psicológica.

Além disso, existe a possibilidade de que múltiplos “seres” e formas de vida inteligentes possam estar, estiveram e estão nos visitando. Eles podem ser extraterrestres, extradimensionais, e quem sabe, podem compartilhar este planeta conosco de alguma forma?

É confuso, para dizer o mínimo, e quanto mais você mergulha no assunto, menos você sente que sabe.

Tendo sido pesquisador na área por mais de uma década, conversei com algumas pessoas muito interessantes com antecedentes comprovados que tiveram longas carreiras dentro do complexo industrial militar. Eu me deparei com perspectivas malévolas e benevolentes. Mas meu coração me diz que há “o bem” lá fora, e tratar esse fenômeno como uma ameaça potencial, o que vários governos parecem estar fazendo, é um grande erro.

Concordo com o Dr. Jacques Valée.

Arjun Walia

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!