Militares esconderam do governo do Reino Unido fatos sobre OVNIs

Tempo de leitura: 2 min.
Militares esconderam do governo do Reino Unido fatos sobre OVNIs


Os caçadores de ETs do Ministério da Defesa “não confiavam” nos funcionários públicos com suas informações, afirma o Dr. David Clarke, que descobriu um estudo do Departamento de Inteligência de Defesa em 2005.

O Dr. David Clarke, da Sheffield Hallam University, disse que a equipe do Ministério da Defesa encarregada de caçar ETs “não confiava” nos funcionários públicos que informavam os ministros sobre seus dados.

O conferencista e jornalista investigativo descobriu o estudo de 400 páginas do Defense Intelligence Staff sobre 10.000 avistamentos de OVNIs em 2005.

Ele agora disse que os militares muitas vezes mantêm suas descobertas em segredo dos funcionários públicos por temor de que a informação vaze.

O Dr. Clarke acrescentou que ex-investigadores de OVNIs do governo que divulgaram as descobertas, como Nick Pope, “não investigaram nada”.

Ele disse ao UFO Podcast com Martin Willis:

“Havia uma divisão de OVNIs onde ele foi titular por três anos, mas ele era apenas uma das dezenas de pessoas diferentes que realizaram essa tarefa e ele não investigou nada.

Ele apenas recebeu relatórios e os arquivou. Ele era um funcionário público, havia um órgão que investigava casos e era conhecido como Pessoal de Inteligência de Defesa, DI55, e eles eram as pessoas encarregadas de investigar incidentes de OVNIs que foram considerados como tendo algum tipo de significado militar.”

O investigador de OVNIs acrescentou:

“O sistema era extremamente complicado e havia em vários momentos dois ou três departamentos diferentes do Ministério da Defesa britânico que estavam envolvidos na investigação de OVNIs ou respondendo ao público.

Ele podia fazer algumas verificações em uma estação de radar local, mas isso era o máximo que o tempo permitia.

Se houvesse algo considerado de potencial significado militar ou algo que precisasse de mais investigação, era passado para o DI55 para fazer a investigação.

Entrevistei a maioria das pessoas que trabalharam neste assunto no DI55 naquela época e eles me disseram, ‘bem, Nick Pope não teve nenhum envolvimento nisso, fizemos as investigações, não compartilhamos informações com eles porque não confiávamos neles’.

Ele era um civil que estava instruindo ministros, ele estava fazendo trabalho de relações públicas e durante esse tempo naquele trabalho ele pensou, ‘bem, eu poderia ganhar a vida com isso’.”

Oficiais do pessoal de inteligência de defesa investigaram cerca de 10.000 avistamentos de potenciais ETs no Reino Unido de 1997 a 2000.

Eles concluíram que os OVNIs tinham uma presença “indiscutívelmente” observável, mas não havia nenhuma evidência que sugerisse que eles eram “hostis ou sob qualquer tipo de controle”.

(Fonte)


Posso estar enganado, mas penso que Nick Pope nunca disse que era investigador de campo, ou estou errado? De qualquer forma, embora muito gente não goste dele, ele deve ter tido acesso a informações interessantes sobre o fenômeno OVNI.

Uma lástima que, como em todos os âmbitos da humanidade, a briga de personalidades e vaidades também imperam na ovnilogia.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.