web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

A Lua pode ter tido vida num passado distante, dizem cientistas

Tempo de leitura: 2 min.

Embora a Lua seja inabitável hoje, poderia ter havido vida em sua superfície em um passado distante. Na verdade, pode ter havido duas janelas iniciais de habitabilidade para a Lua da Terra, de acordo com um estudo online publicado em 2018 na revista Astrobiology por Dirk Schulze-Makuch, um astrobiólogo da Washington State University.

A Lua pode ter tido vida num passado distante, dizem cientistas
Crédito da imagem: depositphotos

Schulze-Makuch e Ian Crawford, professor de ciência planetária e astrobiologia da Universidade de Londres, dizem que as condições na superfície lunar foram suficientes para suportar formas de vida simples logo após a Lua se formar a partir de um disco de destroços 4 bilhões de anos atrás e novamente durante um pico na atividade vulcânica lunar cerca de 3,5 bilhões de anos atrás.

Durante os dois períodos, os cientistas planetários acham que a Lua estava expelindo grandes quantidades de gases voláteis superaquecidos, incluindo vapor d’água, de seu interior.

Schulze-Makuch e Crawford escreveram que essa liberação de gases poderia ter formado poças de água líquida na superfície lunar e uma atmosfera densa o suficiente para mantê-la lá por milhões de anos.

Schulze-Makuch disse:

“Se água líquida e uma atmosfera significativa estivessem presentes no início da Lua por longos períodos de tempo, pensamos que a superfície lunar teria sido pelo menos temporariamente habitável.”

Ingredientes para a vida

O trabalho de Schulze-Makuch e Crawford baseia-se em resultados de missões espaciais recentes e análises sensíveis de rochas lunares e amostras de solo que mostram que a Lua não está tão seca como se pensava.

Em 2009-2010, uma equipe internacional de cientistas descobriu centenas de milhões de toneladas de gelo de água na Lua. Além disso, há fortes evidências de uma grande quantidade de água no manto lunar que se acredita ter sido depositada muito cedo na formação da Lua.

É provável que a durante seu início a Lua também tenha sido protegida por um campo magnético que poderia ter protegido formas de vida na superfície dos ventos solares mortais.

Micróbios que viajam no espaço

A vida na Lua pode ter se originado da mesma forma que na Terra, mas o cenário mais provável é que ela tenha sido trazida por um meteorito, disse Schulze-Makuch.

A evidência mais antiga de vida na Terra vem de cianobactérias fossilizadas com 3,5-3,8 bilhões de anos. Durante este tempo, o sistema solar foi dominado por impactos frequentes e gigantes de meteoros. É possível que meteoritos contendo organismos simples como as cianobactérias possam ter sido lançados da superfície da Terra e pousado na Lua.

Schulze-Makuch disse:

“Parece que a Lua era habitável nesta época. Poderia realmente ter havido micróbios prosperando em poças de água na Lua até que a superfície ficasse seca e morta.”

Simulações lunares

Schulze-Makuch reconhece que determinar se a vida surgiu na Lua ou foi transportada de outro lugar “só pode ser resolvido por um programa futuro agressivo de exploração lunar”.

Uma linha de investigação promissora para quaisquer futuras missões espaciais seria obter amostras de depósitos do período de atividade vulcânica intensificada para ver se eles continham água ou outros possíveis marcadores de vida.

Além disso, os experimentos podem ser conduzidos em ambientes lunares simulados na Terra e na Estação Espacial Internacional para ver se os micro-organismos podem sobreviver sob as condições ambientais previstas para terem existido na Lua antiga.

(Fonte)


Como sempre digo, possivelmente a vida é regra no Universo, e não exceção. Basta os exploradores espaciais terem real vontade de encontrá-la, mesmo se já estiver morta em um corpo celeste tão próximo quanto a Lua.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol