web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Relatos de “ser” ruivo uma vez causou uma expedição científica chinesa

Tempo de leitura: 3 min.

Desde as primeiras décadas do século XX, relatos de humanoides grandes e peludos foram amplamente reconhecidos no Canadá e nos Estados Unidos. Mais conhecido por nomes como Sasquatch, o nome anglicizado dado a eles por J.W. Burns em 1929, e Bigfoot nos Estados Unidos desde 1958, essas representações norte-americanas do onipresente “homem selvagem” também têm contrapartes em outras partes do mundo.

Relatos de "ser" ruivo uma vez causou uma expedição científica chinesa
Crédito da ilustração: depositphotos

A província de Hubei na China há muito é considerada um possível lar para uma variedade de criaturas semelhantes ao homem equivalente ao Sasquatch norte-americano, com lendas e contos populares que datam de pelo menos o Período dos Reinos Combatentes que parecem recontar tais observações.

Essas tradições afirmam que existem áreas em partes da região montanhosa de Shennongjia, onde existem cavernas onde o Yeren supostamente existiu no passado, se não ainda hoje. Reconhecendo essa tradição, uma caverna famosa que permanece um marco cultural na região leva este nome para a criatura acima de sua entrada, gravada na pedra em tinta vermelha brilhante como um lembrete das antigas crenças sobre povos selvagens que supostamente habitam as montanhas.

Relatos de "ser" ruivo uma vez causou uma expedição científica chinesa
A chamada “Caverna Yeren” na província de Hubei (Wikimedia Commons 3.0)

No entanto, as histórias sobre o Yeren da China não são relegadas a eras passadas e crenças tradicionais. Avistamentos das criaturas também ocorreram nas últimas décadas, incluindo uma enxurrada de relatos sobre a província de Hubei em 1976, que chamaram a atenção do venerável New York Times.

A série de incidentes começou em 1976 com o avistamento de uma criatura peluda em Shennongjia, próximo à fronteira entre Hubei, Shaanxi e Sichuan. Descritas como cobertas por cabelos ondulados e avermelhados, as histórias proliferaram a tal ponto que a Academia Chinesa de Ciências organizou uma expedição em março de 1977, enviando 110 biólogos, zoólogos e fotógrafos em busca da criatura. Eles também receberam apoio; soldados acompanharam a equipe de cientistas, armados com tranquilizantes, rifles e cães para dar apoio na busca pelo misterioso monstro ruivo de Hubei.

As teorias sobre a criatura variavam de ser um grande primata desconhecido a um possível descendente de Meganthropus, um macaco hominídeo do Pleistoceno reconhecido por pouco mais do que fragmentos de mandíbula e crânio recuperados de um sítio arqueológico em Java Central, Indonésia. Os dentes também foram recuperados no momento da descoberta desses restos.

Era uma perspectiva emocionante, especialmente por causa das descrições do animal. Um dos primeiros avistamentos notáveis ​​deste período envolveu um grupo de autoridades do condado que estavam viajando juntos em um jipe ​​ao longo de uma estrada secundária por volta da 1h, horário local, quando sua jornada foi interrompida pela presença de um objeto na estrada à frente deles. Descrito como um “grande animal com cabelo avermelhado”, a criatura parecia estar deitada na estrada, adormecida, e os homens conseguiram se aproximar a menos de um metro e oitenta do animal adormecido.

Sem saber se estava ferido ou não, um dos homens optou por atirar uma pedra nas nádegas do animal e, ao despertar a criatura de seu sono, ela se levantou lentamente e cambaleou para a floresta e sumiu de vista.

Os homens ficaram tão surpresos – e maravilhados – com o que viram que correram de volta para sua estação na sede do condado e imediatamente enviaram um telegrama para a Academia de Ciências de Pequim, um incidente que se tornou o catalisador para a organização investigar sobre a presença da criatura na região. Na verdade, uma equipe de cientistas foi imediatamente enviada para a área onde o encontro noturno ocorreu, mas a essa altura não havia nenhum sinal da criatura, embora pegadas e até fezes que se acredita terem pertencido à criatura estivessem localizados nas proximidades. Isso, além de amostras de cabelo encontradas em cascas de árvores próximas que pareciam sugerir a presença de um primata, mas de que tipo?

Uma coisa que os pesquisadores da Academia de Ciências puderam discernir é que a criatura era bastante grande, com muitas das pegadas que supostamente deixou medindo entre 30 e 40 centímetros. Testemunhas oculares também foram coletadas de moradores da área que afirmaram ter visto, incluindo uma moradora que disse ter visto o animal fugindo carregando um porquinho debaixo do braço. Com base nas descrições da criatura, acreditava-se que tivesse aproximadamente 2 metros de altura. Algumas descrições também notaram que, junto com o cabelo vermelho cobrindo seu corpo, a criatura também possuía cabelos longos em sua cabeça, que caíam logo acima da cintura.

Embora a busca por esse possível “fóssil vivo” não tenha sido bem-sucedida, ela marca uma das maiores expedições oficiais montadas para ir em busca de uma criatura parecida com o Sasquatch em qualquer lugar do mundo nas últimas décadas. Na verdade, a se acreditar nos relatos daquela época, talvez alguma população remanescente de grandes criaturas semelhantes ao homem ainda pode prosperar na remota Shennongjia, mesmo nos dias atuais.

(Fonte)


Há muito que se descobrir mesmo aqui em nosso pequeno mundo.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol