web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

O universo pode estar repleto de túneis para outros universos

Tempo de leitura: 3 min.

O universo está crivado de buracos negros supermassivos que poderiam na verdade ser buracos de minhoca ou túneis que se comunicam com universos paralelos, de acordo com uma hipótese que está ganhando força entre os astrofísicos.

O universo pode estar repleto de túneis para outros universos
Crédito da ilustração: depostiphotos

Poderíamos estudá-los de várias maneiras, uma delas medindo a influência gravitacional que estaríamos recebendo de estrelas localizadas em um universo paralelo.

Não precisamos ir muito longe para descobrir: um enorme buraco de minhoca localizado entre dois universos paralelos pode estar escondido no centro de nossa galáxia, de acordo com pesquisas recentes.

Os buracos de minhoca são uma ideia antiga da relatividade geral: objetos hipotéticos que conectariam duas regiões diferentes do espaço-tempo.

Atalhos no tempo

Eles são como atalhos através dos quais seria possível viajar instantaneamente para galáxias distantes ou um passado remoto, uma especulação astrofísica de mais de 60 anos.

O que sabemos com certeza é que nossa galáxia hospeda uma complexa fonte de emissão de rádio chamada Sagitário A, da qual Sagitário A * faz parte, descoberta em 1974.

Em Sagitário A * foi detectada a presença de um buraco negro supermassivo, localizado a 26.000 anos-luz do Sistema Solar, considerado a melhor evidência de que buracos negros com massa da ordem de milhões de massas solares realmente existem.

O que alguns astrofísicos argumentam é que esse buraco negro supermassivo poderia ser na verdade um buraco de minhoca.

Se for assim, pode significar que outros buracos negros identificados pelos astrônomos também seriam buracos de minhoca: ​​o cosmos poderia estar cheio de túneis para outros universos.

Que Sagitário A * contém um buraco negro supermassivo foi deduzido de órbitas estelares no centro galáctico: eles sugerem que a concentração de uma massa de 4 milhões de massas solares no centro da Via Láctea deve ser um buraco negro.

Buraco de minhoca em casa?

A nova interpretação desse fenômeno foi proposta por Dejan Stojkovic da Universidade de Buffalo (EUA) e De-Chang Dai, da Universidade de Yangzhou: eles traçaram um método para descobrir se um buraco negro é na verdade um buraco de minhoca.

De acordo com este método, publicado na Physical Review D, os movimentos anômalos de estrelas perto de Sagitário A * não podem ser explicados pela dinâmica dos buracos negros, mas sim pelos campos gerados em um buraco de minhoca e por estrelas de outro universo alternativo, influenciando este túnel de espaço-tempo.

Os pesquisadores sugerem que, se for esse o caso, o movimento das estrelas que ocorre em torno de Sagitário A * poderia ser medido e o efeito gravitacional exercido sobre elas por estrelas localizadas no universo paralelo poderia ser detectado.

Mais possibilidades

A ideia proposta em 2019 por Stojkovic De-Chang Dai não passou despercebida.

Uma nova pesquisa, publicada em novembro passado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, sugere que os núcleos galácticos ativos são de fato portões de buraco de minhoca, ao invés de buracos negros supermassivos.

Os autores desta proposta, pertencentes ao Observatório Astronômico Central de Pulkovo, em São Petersburgo (Rússia), se propõem a seguir outra pista para revelá-los.

Se buracos negros supermassivos são na verdade buracos de minhoca, eles podem emitir radiação gama quando ocorrem colisões dentro deles.

Essa radiação seria muito diferente daquela emitida por buracos negros supermassivos, portanto, observá-la seria uma evidência de que eles são, na verdade, túneis espaço-tempo espalhados por todo o universo.

Cheio de buracos

Até agora sabemos que buracos negros supermassivos existem em pelo menos um punhado de galáxias: por exemplo, na galáxia de Andrômeda, localizada a 2,5 milhões de anos-luz de distância, há também um buraco negro central que é significativamente maior do que o da via Láctea.

O maior buraco negro supermassivo localizado nos arredores da Via Láctea é o da galáxia elíptica M87, a uma distância de 53,5 milhões de anos-luz, embora a galáxia elíptica supergigante NGC 4889, tenha outro enorme buraco negro, a uma distância de 336 milhões de anos-luz de distância.

Fora da Via Láctea e seus arredores, acredita-se que o maior buraco negro supermassivo do universo esteja em TON 618, um quasar na constelação de Canes Venatici.

Ele teria 66 bilhões de massas solares, mas é possível que exista ainda outro de dimensões colossais (ainda não confirmadas): 196 bilhões de vezes a massa do nosso sol.

Revolução científica logo à frente?

Esse monstro estaria no quasar SDSS J0100 + 2802, localizado próximo à fronteira das constelações de Peixes e Andrômeda, a 12 bilhões de anos-luz da Terra.

É difícil imaginar que todos esses mistérios cósmicos sejam túneis para outros universos paralelos. Poderíamos confirmar isso em uma década, destaca a ScientificAmerican.

Se este for realmente o caso, estaríamos à beira de uma grande revolução científica, embora devamos ter em mente que essas interpretações do que são ou não os buracos negros supermassivos podem não ser as únicas. Além disso, se os buracos de minhoca realmente existem, os astrofísicos duvidam muito que sejam transitáveis ​​para as pessoas. Não vamos ter esperanças.

(Fonte)


Se existe, poderiam eles serem transitáveis por pessoas protegidas por uma nave com um escudo protetor ao que pode estar ocorrendo dentro desses buracos de minhoca? Sonhar é de graça…

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol