web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Galáxias do Universo primitivo logo serão reveladas

Tempo de leitura: 2 min.
Galáxias do Universo primitivo logo serão reveladas
As galáxias mais antigas já capturadas pelo Hubble. Crédito: NASA

“O Hubble simplesmente não vai longe o suficiente no infravermelho” para ver as galáxias ocultas do universo primitivo, disse Rogier Windhorst da Arizona State University, co-autor de um novo estudo usando as capacidades de infravermelho próximo do Telescópio Espacial Hubble da NASA para sondar quasares conhecidos, ‘fontes de rádio quase-estelares’, na esperança de detectar o brilho circundante de suas galáxias hospedeiras, sem detecções significativas, sugerindo que casulos de poeira que absorvem luz visível dentro das galáxias estão obscurecendo a luz de suas estrelas.

Revelando os segredos do universo infravermelho

A autora principal, Madeline Marshall, da University of Melbourne, na Austrália, que conduziu seu trabalho no ARC Centre of Excellence in All Sky Astrophysics in 3 Dimensions. disse:

Queremos saber em que tipo de galáxias vivem esses quasares. Isso pode nos ajudar a responder a perguntas como: Como os buracos negros podem crescer tanto tão rápido? Existe uma relação entre a massa da galáxia e a massa do buraco negro, como vemos no universo próximo?

O novo estudo sugere que o Telescópio Espacial James Webb da NASA, com lançamento previsto para 2021, será capaz de revelar as galáxias hospedeiras ocultas de alguns quasares distantes, apesar de seus pequenos tamanhos e poeira obscurecedora, usando seus detectores infravermelhos. Quanto mais distante uma galáxia está, mais sua luz foi esticada para comprimentos de onda mais longos pela expansão do universo.

Marshal disse:

O Webb abrirá a oportunidade de observar essas galáxias hospedeiras muito distantes pela primeira vez.

‌O Webb vai olhar principalmente para o Universo no infravermelho, enquanto o Hubble o estuda principalmente em comprimentos de onda ópticos e ultravioleta (embora tenha alguma capacidade infravermelha). O Webb também tem um espelho muito maior do que o Hubble, o que significa que Webb pode espiar mais no tempo do que o Hubble é capaz de fazer. O Hubble está em uma órbita muito próxima ao redor da Terra, enquanto Webb estará a 1,5 milhão de quilômetros de distância no segundo ponto Lagrange (L2), onde o escudo solar de Webb bloqueará a luz do Sol, da Terra e da Lua.

(Fonte)


– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol