Grande meteoro explode no céu do Rio Grande do Sul – Brasil

Tempo de leitura: < 1 min.
Grande meteoro explode no céu do Rio Grande do Sul - Brasil
Captura de vídeo: Bramon

A explosão de um grande meteoro foi registrada no céu do estado brasileiro do Rio Grande do Sul na madrugada de hoje, primeiro de outubro de 2020.

Segundo o observatório Heller & Jung, localizado em Taquara, este foi o maior meteoro registrado desde 2016.

De acordo com o site 4oito.com.br, o meteoro explodiu no céu à 1h09min sobre a região da cidade de Caxias do Sul, e segundo Carlos Fernando Jung, proprietário do observatório e diretor da Brazilian Meteor Observation Network (Bramon), a rocha espacial entrou na atmosfera a uma altitude de 100 quilômetros, caindo a aproximadamente 115 quilômetros de Taquara. Ainda de acordo com os cientistas, sua luminosidade foi maior do que a da Lua.

Ainda não se sabe nem o tamanho, nem a velocidade do meteoro. De acordo com os dados do observatório Heller & Jung, esta é a primeira vez que se registra um fenômeno de grande magnitude na região de cobertura, que compreende todo Rio Grande do Sul, Uruguai, parte da Argentina, parte do Paraguai, Santa Catarina, Paraná e um pedaço de São Paulo.

Colaboração: Pazifico – 😉

Parece que o estado brasileiro do Rio Grande do Sul sempre é contemplado com esses espetáculos espaciais com mais frequência.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.