Governo sombra prepara ataque orbital cinético, segundo teórico da conspiração

Tempo de leitura: 2 min.

Atenção: A matéria abaixo, publicada aqui como parte da missão do OH, não possui comprovação de veracidade das declarações nela apresentadas, podendo contradizer a ciência atualmente aceita e as crenças gerais difundidas na humanidade.

Governo sombra prepara ataque orbital cinético, segundo teórico da conspiração
Impacto cinético

De acordo com observadores, citando altos funcionários da NASA, em 24 de setembro de 2020 às 11h18 UTC, um asteroide designado como 2020 SW se aproximará da Terra.

O asteroide é pequeno, cerca de 10 metros, mas a distância também será muito pequena – 0,07 LD / 0,00019 AU / 28.423 km:

Enquanto isso, o site Express, mais uma vez com referência aos caras legais da NASA, informa que mais dois asteroides estão voando em nossa direção – RH6 2020 e RQ3 2020, que passarão pela Terra no dia seguinte. Ambos os asteroides têm cerca de 50 metros de diâmetro, a distância até eles será enorme (cerca de 10 Distâncias Lunares), então a probabilidade de algo cair na Terra é excluída. No entanto, as opções podem ser um pouco diferentes.

Como lembra o famoso teórico da conspiração americano Dr. Michael Salla em seu vídeo de 16 de setembro, a Terra pode colidir não com um asteroide, mas com um bombardeio orbital real. Isso é chamado de “impacto orbital cinético”:

Como você pode ver neste vídeo explicativo, um satélite colocado em órbita pode lançar hastes pesadas e grandes de tungstênio na Terra, cujo impacto será comparável em força ao impacto de um meteoro. Ou seja, praticamente uma bomba atômica, mas sem fatores prejudiciais indesejáveis ​​na forma de contaminação radioativa.

Michael Salla é uma pessoa conhecida e há muitos anos estuda o tema do bombardeio orbital, sugerindo que mais cedo ou mais tarde o Deep State (Estado Profundo) usará essas armas para organizar um ou outro ataque de bandeira falsa. Em particular, Michael postou outro grande artigo sobre isso no final de agosto.

Quando Michael Salla estava começando a chamar a atenção para esse assunto, eles riram dele, porque as pessoas não acreditavam que certos intrusos atirariam em seu país. Mas muita coisa mudou desde então, e os mesmos incêndios na Califórnia não deixam dúvidas sobre o incêndio criminoso deliberado. Portanto, se alguém pode invadir a Califórnia a partir da órbita/de um avião, por que não atacar, por exemplo, Nova Iorque?

[Para informações de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora ela não seja precisa e possa não funcionar em dispositivos móveis, clique aqui.
(Macete: algumas legendas são melhores acompanhadas lendo-se somente a última linha)]

À luz dessa possibilidade, quaisquer relatos sobre asteroides já são sugestivos. Existem também teóricos da conspiração, que bem poderiam ter dado informações de que amanhã uma grande pedra cairá na Terra, mas simplesmente não contam a ninguém. E quando algo cair do céu, todos saberão, não haverá necessidade de explicar nada a ninguém.

Por outro lado, se algo realmente voar perto do Sol – se presumirmos que seja Nibiru trazendo uma nuvem de asteroides com ele e esses asteroides começam a cair sobre suas cabeças – então as autoridades podem tentar esconder até isso. E nesta situação, pessoas como Michael Salla, que às vezes são chamados pelo termo “tolos úteis” pelos serviços especiais, se tornarão especialmente úteis. Ou seja, uma pessoa, falando com o coração puro e sem nenhuma cooperação com o FBI / CIA, trazia ao povo informações sobre algum tipo de “ataque orbital”, que poderia ser responsabilizado por tudo e mesmo assim iniciar uma pequena retaliação nuclear guerra.

Em geral, as opções podem ser diferentes e, por assim dizer, mutuamente exclusivas. No entanto, com qualquer uma das opções, algo cai sobre uma cidade as pessoas que vivem lá não vão se importar se veio de Nibiru, ou é um ataque orbital, ou mesmo uma guerra nuclear.

É por isso que a probabilidade de uma bandeira falsa com um bombardeio em órbita deve ser levada em consideração – especialmente quando a NASA descobre publicamente algo lá ou realiza exercícios sobre queda de meteoros. Como lembra Michael Salla, de acordo com o cenário dos últimos exercícios da NASA / FEMA, o meteoro chegou em 2020, no dia 20 de setembro.

(Fonte)


Tudo que é muito estranho, anunciado de antemão, não ocorre, mas pode retornar após as datas marcadas, quando menos esperarmos. Bem, pelo menos eu penso assim.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.