Orcas estão atacando barcos na costa da Espanha e Portugal

Tempo de leitura: 2 min.
Orcas estão atacando barcos na costa da Espanha e Portugal
Foto ilustrativa. Crédito: Pixabay em Pexels.com

Os cientistas não conseguem explicar porque as orcas estão se chocando contra os barcos nas costas da Espanha e Portugal.

Esses incidentes têm ocorrido com frequência nos últimos meses e geraram alguns encontros terríveis.

Do estreito de Gibraltar, no sul, até a Galiza, no norte, as orcas (baleias assassinas) estão destruindo barcos e até mesmo ferindo tripulações.

Duas embarcações perderam seções de seus lemes, enquanto pelo menos um tripulante sofreu hematomas devido ao abalroamento das orcas. Vários outros barcos sofreram vários tipos de danos graves.

Em um ataque recente, um barco de 36 pés (11 m) ao largo de La Coruña, na costa norte da Espanha, foi atingido na popa pelo menos 15 vezes por uma baleia assassina. A direção foi perdida e o navio teve de ser rebocado para o porto.

Ataques ao barcos parecem ser premeditados

Os ataques parecem ser orquestrados propositalmente por um grupo de orcas. É mais provável que o mesmo grupo seja responsável por todos os ataques. As orcas são conhecidas por serem animais que nadam em bandos e altamente inteligentes, e também são os maiores da família dos golfinhos.

Em outro ataque, no final de julho, no cabo Trafalgar, um barco de entrega de 46 pés (14 m) foi cercado por nove orcas. Elas se chocaram contra o casco por mais de uma hora – fazendo o barco girar 180 graus, o motor ser desligado e o leme quebrado. Nesse caso, as orcas estariam se comunicando umas com as outras por meio de “assobios”.

Outros marinheiros descreveram experiências assustadoras, incluindo sons de “marreta” no impacto e a sensação de todo o barco sendo levantado.

Ainda é muito cedo para saber ao certo o que está causando esse comportamento perturbador. Uma teoria forte, porém, é que está relacionado ao estresse.

Certas populações locais de baleias assassinas são consideradas ameaçadas ou em perigo. Isso é causado por fatores como o esgotamento de presas, perda de habitat, poluição e captura.

(Fonte)


Parece que 2020 ainda não se cansou, e ainda temos mais 3 meses e meio pela frente. O que esperar de 2021?

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.