Pilotos comerciais nos EUA brincam no rádio sobre avistamento de “OVNIs”

Tempo de leitura: 3 min.

Atenção: OVNI (Objeto Voador Não Identificado) não significa necessariamente “nave alienígena”, podendo também ser algo de origem humana ou natural. Também vale informar que vídeos e fotos de OVNIs podem ser forjados em software ou de outra forma. O OH não certifica a autenticidade da informação mostrada abaixo.

Captura de tela. Fonte: VASAviation

Recentemente, o canal VASAviation postou um vídeo no YouTube de conversas entre pilotos e um controlador de tráfego aéreo da região de Long Island, nos EUA. A troca de mensagens por rádio se deu devido a presença de um OVNI no espaço aéreo, que aparentemente se tratava de um balão (então não seria mais OVNI… ou seria?). Bem pelo menos foi isso que os pilotos disseram, mas não tinham tanta certeza… sabe como é.

Bem, acontece que a conversa acabou virando numa brincadeira entre os pilotos e o controlador de tráfego aéreo, e o áudio foi gravado e postado naquele canal do YouTube.

Abaixo estão as trocas de mensagens, traduzidas e apresentadas pelo site aeroin.net, seguida do vídeo original em inglês logo após:

Aos 11 segundos do vídeo:

– Voo RPA4708: “Boston, Brickyard 4708”

– Controle Boston (CTR): “Prossiga”

– RPA4708: “Temos um balão que passou bem abaixo da nossa asa direita instantes atrás, nível de voo FL210”

– CTR: “Brickyard 4708, entendido. E você teria o possível tipo do balão e a direção também?”

– RPA4708: “Não vi a direção. Era um balão grande, prateado e arredondado…quase como um balão meteorológico”

– CTR: “Certo, entendido. Como prateado, branco, ou algo assim?”

– RPA 4708: “Sim, prateado”

– CTR: “Obrigado”

Nesse momento, aos 36 segundos, algum piloto faz um som de uuuuu-UUUUUU-uuuuu, como algo extra-terrestre.

Após poucos instantes de silêncio, aos 41 segundos:

– CTR: “Nós ouviremos isso no Discovery Channel, seja lá o que isso for”

E o piloto então ri da resposta do controlador.

Após mais alguns instantes, quando o controlador passa instruções ao voo VIR685, o piloto também reporta a presença de um balão em sua resposta:

– VIR685: “Ok, 15 milhas a leste de ROBER a 12 mil pés, 250 nós. E a ironia: um balão acaba de voar abaixo de nós”

– CTR: “Ok, é a primeira vez que vejo isso acontecer. Você poderia dizer se o tipo se parece com o reporte anterior do Brickyard?”

– VIR685: “Bem, eu diria que ele parece escuro porque estava abaixo de nós, provavelmente apenas 2000 pés abaixo, bem, talvez até menos do que isso, difícil dizer”

– CTR: “Ok, ele tinha uma cor escura? Eles me pedem para preencher uma cor”

– VIR685: “Ok, hmm…marrom”

– CTR (iniciando a resposta rindo): “Sim, isso foi…está perfeito, obrigado”

Após alguns instantes, em 1min44s, o piloto volta a brincar na frequência:

– Piloto: “Eles estão invadindo!”

– CTR: “Hehe”

Em 1min50s, o controlador entra em contato com outro piloto para passar informações, mas continua o tom de brincadeira:

– CTR: “Goodspeed 590, mantenha seus olhos atentos. Dois reportes, deve estar ocorrendo uma festa que ninguém me avisou. Um par de balões reportados de uma ponta de Long Island para a outra ponta”

– GPD590: “Goodspeed 590, nós temos sinal do (ele brinca descrevendo o objeto como um chapéu fino, como se fossem as típicas naves espaciais extra-terrestres)”

– CTR, rindo: “Obrigado!”

O piloto do voo VIR685 também responde à brincadeira sobre a festa:

– VIR685: “Nenhum de nós foi convidado”

– CTR: “Haha!”

Depois de várias trocas de mensagens normais com diversos tráfegos, aos 4min01s, o GPD590 volta a falar com o controlador fazendo referência às brincadeiras quanto aos “OVNIs”:

– GPD590: “Boston, Goodspeed 590, todos esses OVNIs nos assustaram, nós vamos começar a descida visual para Teterboro”

– CTR: “Sim, é uma boa ideia considerando todas essas coisas! Obrigado por isso! Prossiga, você será repassado ao controle de aproximação daqui a pouco”

– GPD590: “Yeeeeeaassss!”

Na sequência, aos 4min13s, o controlador entra em contato com o voo 471 da American Airlines, mas o piloto não retorna o contato, e o autor do vídeo coloca uma imagem brincando como se o voo tivesse sido abduzido por uma nave extra-terrestre.

Após mais algumas trocas de mensagens normais aos aviões, o controlador volta a dar instruções ao GPD590, mais uma vez retomando as brincadeiras, como se o voo estivesse se dirigindo à famosa Área 51, mundialmente conhecida como um local em que os Estados Unidos esconderiam pesquisas sobre extra-terrestres.

– CTR: “Goodspeed 590, contate a Área 51 na frequência 124.07”

– GPD590: “124.07, Goodspeed 590, esteja seguro aí fora! Uuuuuu-UUUUU-uuuuu!”

Colaboração: Erik Valcezio

Embora engraçada, a conversa relatada acima mostra exatamente o comportamento de pilotos comerciais quando veem objetos voadores que não sejam aeronaves convencionais.

Provavelmente no caso acima se tratava mesmo de um balão, mas será que os pilotos reportariam algo de forma diferente para torre de controle se não fosse um balão? Na maioria das vezes não. Balão é uma opção preferida, a não ser, é claro, que se trata de um objeto com luminosidade.

Infelizmente, a maioria dos pilotos não está disposta a se expor de tal maneira, num mundo onde as pessoas foram “programadas” para zombar daqueles que tiveram tais avistamentos.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.