Astrônomos dizem ter encontrado ‘leitos de lagos secos’ em lua de Saturno

Tempo de leitura: 2 min.

No início dos anos 2000, os astrônomos avistaram pontos brilhantes misteriosos na lua de Saturno, Titã, cada um com mais de 5.000 quilômetros de largura.

Astrônomos dizem ter encontrado 'leitos de lagos secos' em lua de Saturno
Seria esta mancha clara um leito de lago seco em Titã? Crédito: NASA

Os astrônomos há muito ponderavam se poderiam ser evidências de lagos ou mares naquela lua. Agora, um novo estudo leva essa teoria um passo adiante, alegando que as manchas são os restos de lagos secos – uma conclusão que pode ter implicações ousadas para a existência de vida extraterrestre em nosso sistema estelar.

Jason Hofgartner, cientista planetário do Jet Propulsion Laboratory da NASA, principal autor do novo estudo, publicado na Nature Communications, disse à Science News:

Atualmente, Titã ainda é o único outro lugar no universo que sabemos ter líquido em sua superfície, assim como a Terra.

Titã, a segunda maior lua do nosso sistema, há muito fascina os astrônomos.

Observações da sonda Cassini da NASA, datada de 2004, descobriram que Titã possui um sistema climático ativo. Mas, em vez de a água cair do céu, como aqui na Terra, chove metano e etano em Titã, embora apenas em ocasiões extremamente raras. Pensa-se que alguns desses hidrocarbonetos tenham se acumulado em corpos maiores de líquido ao longo do tempo.

Intrigando ainda mais os pesquisadores é o fato de que essas poças de líquido estavam concentradas em torno dos pólos da lua, e não perto de suas regiões mais centrais.

Agora, a equipe da NASA diz que apenas os leitos de lago poderiam explicar reflexões estranhas que aparecem nos dados analisados ​​pelo Observatório Arecibo em Porto Rico, o Observatório Green Bank na Virgínia Ocidental e a sonda Cassini.

De acordo com Hofgartner, o líquido poderia ter viajado do equador para os pólos como parte de um padrão climático maior em Titã chamado “ciclo do metano”. O líquido também pode ter evaporado como resultado da radiação do Sol.

Mas para respostas definitivas, teremos que esperar até descobrirmos mais sobre as paisagens misteriosas de Titã. A NASA planeja enviar uma sonda até Titã até 2034 como parte de sua missão Dragonfly.

Infelizmente, ela não estará visitando a região dos lagos secos, “mas sempre há … geologia comparativa que você pode fazer de um lugar para outro”, disse à Science News o investigador principal da missão Dragonfly da NASA e o cientista planetário Zibi Turtle.

(Fonte)


Alguns cientistas suspeitam de que a lua Titã de Saturno possa abrigar algum tipo de vida diferente da que conhecemos. Há até uma cientista brasileira envolvida nessa procura por vida em Titã:

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.