A nova mini-lua da Terra pode ser outra coisa

Tempo de leitura: 2 min.

Como publicado aqui no OH no final do mês passado, foi descoberta uma mini-lua orbitando o nosso planeta. Contudo, ninguém sabe ainda se é algo natural ou artificial.

A nova mini-lua da Terra pode ser outra coisa

Em 15 de fevereiro de 2020, os astrônomos Kacper Wierzchos e Teddy Pruyne no Catalina Sky Survey, operando no Laboratório Lunar e Planetário da Universidade do Arizona em Tucson, descobriram o que eles acreditavam ser uma mini-lua orbitando a Terra. Eles rapidamente fizeram mais de 30 observações em dois dias para confirmar a descoberta de uma rocha espacial medindo apenas de 1,9 a 3,5 metros de diâmetro – tão pequena que talvez não tenha sido descoberta se não estivesse refletindo a luz solar como faz sua irmã maior.

Eles rapidamente capturaram a primeira imagem da mini-lua – agora chamada 2020 CD3 ou C26FED2 – e o Minor Planet Center do Observatório Astrofísico Smithsonian a anunciou ao mundo.

As integrações em órbita indicam que esse objeto está temporariamente ligado à Terra. Nenhuma ligação para um objeto artificial conhecido foi encontrada. Outras observações e estudos dinâmicos são fortemente encorajados.

Espere o que? “temporariamente ligado”? … Acontece que a CD3 2020 e a única outra mini-lua – 2006 RH120 – não ficam em órbita terrestre para sempre. Na verdade, elas nem ficam por alguns anos. A RH120 de 2006 esteve apenas em órbita terrestre de setembro de 2006 a junho de 2007, e a CD3 2020, embora esteja presente desde 2017, provavelmente sairá em abril de 2020.

Isso não é brincadeira – apenas um sinal do que realmente são as duas mini-luas – minúsculos asteroides próximos à Terra que são capturados pela gravidade do nosso planeta por um curto período de tempo antes de voltarem ao espaço ou serem consumidos pela atmosfera.

Ou eles são outra coisa?

Embora ainda não tenhamos ideia do que é o objeto, os especialistas acreditam que é uma rocha espacial rara ou um objeto criado pelo homem que ficou bloqueado pela gravidade do nosso planeta.

O site Curiosmos relata que a superfície altamente refletiva do CD3 2020 tem alguns questionamentos sobre se é realmente uma rocha espacial ou se pode ser um satélite perdido, parte de um foguete ou outro pedaço de lixo espacial. Pode ser difícil identificar o CD3 2020 antes de abril, porque ele está se afastando da Terra.

Chegou bem a tempo de testemunhar a humanidade combater o coronavírus. Coincidência, eu acho que não.

Se não é um NEO (sigla em inglês para Objeto Próximo à Terra) e não é nosso, Scott Waring, da ET Data Base, sugere que é um deles – com eles sendo alienígenas monitorando a propagação do coronavírus na Terra.

Forçado? Não muito mais forçado do que a teoria de que o vírus chegou à Terra em um meteoro recente que viajou por Wuhan antes de cair na China.

Sim, a maioria das pessoas não rejeitaria a ‘coincidência’ tão rápido quanto Waring e os pontos de ligação estão bem distantes. O que ajudaria é uma foto melhor do CD3 2020 ou a descoberta de mais mini-luas – algo que a astrônoma Amy Mainzer vê acontecendo assim que o Observatório Vera C. Rubin, no Chile, estiver operacional em 2022, gravando imagens do céu inteiro a cada poucos dias para produzir um filme em lapso de tempo do universo.

Nós podemos apenas ver o que temos a tecnologia para ver. E necessariamente, isso não é tudo o tempo todo.

(Fonte)


n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:


_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.