OVNIS: O ônus da prova é dos militares, diz famoso cientista em Congresso

Tempo de leitura: 2 min.


O famoso cientista, escritor, difusor científico e um dos criadores da Teoria das Cordas, esteve no último final de semana no Congresso Mundial de Ufologia, realizado em Barcelona. Lá, entre outros tópicos, ele expressou sua opinião sobre os OVNIs e a possibilidade de estarmos sendo visitados por civilizações mais avançadas.

OVNIS: O ônus da prova é dos militares, diz famoso cientista em Congresso

Durante sua apresentação no Congresso, Michio Kaku disse que hoje em dia a ovnilogia/ufologia não é apenas uma questão para aqueles que creem, mas também de ciência.

Ele disse:

Agora temos provas. A ciência é baseada no que pode ser verificado, reproduzido e refutado. No ano passado, o jogo mudou.

Em referência a um vídeo divulgado no final de 2017 no âmbito do reconhecimento oficial do AATIP, um programa secreto do Pentágono para estudar OVNIs, o cientista acrescentou:

Os pilotos militares documentam em vídeo e fotografam objetos que se movem até 5 ou 20 vezes a velocidade do som, em zigue-zague, causando uma força centrífuga que mataria qualquer ser vivo. Não são balões, não são gases, não é uma anomalia do clima ou o eco de um radar.

Ao falar sobre a questão extraterrestre, Kaku cita frequentemente a Escala de Kardashev, um método para medir o grau de evolução tecnológica de uma civilização com base em onde ela obtém seus recursos. E desta vez não foi exceção, já que ele a usou para tentar explicar os objetos voadores não identificados.

No congresso, ele disse:

Existem duas possibilidades: é uma civilização do tipo dois ou do tipo três que vive fora da Terra.

No entanto, ele também destacou a possibilidade de que alguns desses dispositivos vistos recentemente por pilotos sejam um pouco mais mundanos, embora não menos surpreendentes.

Ele disse;

Existe a possibilidade de serem drones hipersônicos, criados por algum governo.

Em março deste ano, Putin anunciou que havia aperfeiçoado drones hipersônicos manobráveis.

Os Estados Unidos também admitiram que, até dois anos atrás, estavam trabalhando na mesma coisa, mas abortaram o programa devido a acidentes com alguns deles.

Os chineses disseram que também estão trabalhando nisso.

Então, ou são veículos de teste ou é outra civilização que veio nos visitar.

Mas se este for o caso, e sabendo que eles existem, teríamos que ser capazes de reproduzi-los.

Sobre isso, ele ainda disse:

Se não podemos fazê-lo [reproduzi-los], eles não são deste mundo…

Agora, o ônus da prova recai sobre os militares – não sobre aqueles que acreditam. Eles [os militares] devem mostrar que não são drones hipersônicos nos quais trabalham há 15 ou 20 anos.

Finalmente, e sobre o que dizem algumas testemunhas de encontros íntimos que afirmam ter tido contato com membros da tripulação alienígena, Kaku foi conclusivo:

Quando alguém me diz que foi abduzido, eu lhe digo que na próxima vez que isso acontecer tente roubar algo, para que quando retornar à Terra, tentemos reproduzi-lo. Quando o fizermos, poderemos verificar sua existência.

Obviamente, embora essa última proposta seja tentadora para quem tem uma experiência do quarto tipo, ela ainda tem um certo nível de dificuldade. Nas palavras do próprio cientista, comparadas às supostas civilizações que nos visitam, não seríamos “mais que formigas”…

(Fonte)


Embora discorde de algumas coisas que Michio Kaku diz, gosto muito de sua postura como cientista, totalmente aberto à possibilidade de estarmos sendo visitados por civilizações extraterrestres e, inclusive, indo participar de um congresso sobre o tema. Isso é algo que a maioria dos cientistas nunca faria, pois para eles a viagem interestelar é impossível. Comparo a mentalidade desses “homens da ciência”como quando os “cientistas” da idade média achavam que a Terra era o centro do Universo.

Voltando a Michio Kaku, particularmente discordo dele quando diz que não seríamos “mais que formigas” para os ETs. Digo isso, pois embora a raça humana possa não ser tão desenvolvida tecnologicamente e intelectualmente quanto outras possíveis raças alienígenas avançadas, todo o drama humano tem um propósito no contexto universal, e isso deve ser de interesse de qualquer ser mais avançado. Afinal, nós mesmo não estamos interessados nas formigas?

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

JAMAICANA DIZ QUE PODE VER A MORTE

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.