web analytics

Nova hipótese da esfinge egípcia compara sua construção com monumentos em Marte

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

O Egito sempre despertou interesse por seu mistério, mitologia e edifícios majestosos que são testemunhas de épocas antigas. Tradicionalmente, acreditava-se que os egípcios construíram a Grande Esfinge junto com a Pirâmide de Quéops. No entanto, a questão de como isso foi conseguido com ferramentas limitadas e tecnologias primitivas em comparação com as modernas permanece em aberto.

Nova hipótese da esfinge egípcia compara sua construção com monumentos em Marte

Uma pesquisa recente mostrou que a Esfinge de Gizé pode não ter sido construída por humanos. O trabalho científico realizado por uma equipe de cientistas da Universidade de Nova Iorque está lançando uma nova luz sobre este local antigo e misterioso.

Em vez do conceito tradicional segundo o qual a Esfinge foi criada por escultores egípcios, os investigadores propõem uma teoria sensacionalista completamente nova – a Esfinge é uma formação natural criada por processos naturais e o homem fez um mínimo de esforço para dar a esta estrutura natural o desejado forma reconhecível, mantendo a base.

A base de suas pesquisas foi uma formação natural conhecida como yardang, formada pelo intemperismo de rochas como arenito e argila.

Yardangs muitas vezes se assemelham ao formato de animais sentados ou deitados e podem ser encontrados em áreas desérticas com climas secos e quentes, incluindo o nordeste do Egito.

Os cientistas, para confirmar sua teoria, recriaram as condições para a formação dos yardangs em condições de laboratório. Eles usaram argila macia com um material mais duro e menos erosível em seu interior para simular o terreno do nordeste do Egito. Essas formações foram então lavadas por um jato de água que simulava fortes ventos desérticos.

Em 1972, a sonda US Mariner chegou a Marte e capturou mais de 3.000 imagens. Destas, 500 foram publicados na imprensa geral. Em uma delas, o mundo viu uma pirâmide em ruínas, como calcularam os especialistas, com quase 1,6 quilômetro de altura e uma esfinge com rosto humano.

Mas, ao contrário da egípcia, que olha para frente, a esfinge marciana olha para o céu. Mais de uma década se passou e fotografias de outra esfinge e pirâmide foram publicadas. Nas novas fotografias era claramente possível distinguir uma esfinge, uma pirâmide e uma terceira estrutura – restos de uma parede de estrutura rectangular.

A esfinge, olhando para o céu, teve uma lágrima congelada escorrendo de seu olho. Surgiu uma hipótese: ocorreu uma guerra entre Marte e a Terra, e aqueles que os antigos chamavam de deuses eram pessoas que colonizaram Marte, a colônia marciana decidiu se separar de sua pátria-mãe, que era a Terra (ou vice-versa), assim como os Estados Unidos se separaram da Inglaterra, etc.

Há também defensores da origem natural desses objetos em Marte, e esta opinião recebeu confirmação bastante terrestre (reconhecidamente hipotética), embora realmente queiramos acreditar que no passado não havia apenas vida em Marte, mas também uma civilização desenvolvida semelhante à nossa.

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code