web analytics

Vida extraterrestre poderá ser confirmada ainda este ano

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

Uma das afirmações quanto a isso foi feita por ninguém menos que o astronauta britânico Tim Peake, que também deu a entender que é uma questão de tempo até que isso seja anunciado em comunicado oficial.

Vida extraterrestre poderá ser confirmada ainda este ano
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Peake disse numa entrevista recente à CNBC:

“Estatisticamente, existem mais de 200 bilhões de estrelas na Via Láctea, o que é apenas uma em 100 bilhões de galáxias que podemos ver no universo observável. Se fizermos as contas, as probabilidades de vida noutros lugares são surpreendentes.”

Ele continuou:

“Já encontramos mais de 5.000 planetas na nossa vizinhança cósmica, muitos deles na zona habitável da suas estrelas, onde pode existir água líquida. Acho que é apenas uma questão de tempo até encontrarmos vida em outro lugar. Na verdade, o Telescópio Espacial James Webb pode já a ter encontrado, só que neste momento eles (NASA e ESA) não querem revelar ou confirmar os resultados até terem muita certeza.”

Ele concluiu:

“Trata-se de um planeta que parece emitir fortes assinaturas biológicas de vida.”

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

Mas esta declaração chocante não seria algo isolado. A cientista espacial inglesa Maggie Aderin-Pocock participou no programa de passagem de ano da BBC, onde previu que a descoberta de vida em outro planeta seria anunciada em 2024, garantindo que “a vida extraterrestre está definitivamente lá fora”.

‘A humanidade descobrirá vida alienígena este ano.’
Astrônoma do Reino Unido e apresentadora da BBC The Sky at Night, Dra. Maggie Aderin-Pocock (cientista espacial britânica e educadora científica).

Da mesma forma, num relato dos eventos mais notáveis ​​do ano passado, a astrofísica britânica Rebecca Smethurst destacou a detecção pelo telescópio Webb de moléculas ricas em carbono – um possível sinal de vida alienígena – no exoplaneta K2-18 b, localizado a 120 anos-luz de distância.

Apesar de esclarecer que as evidências apresentadas neste caso não convenceram completamente a comunidade astronômica, Smethurst apoiou fervorosamente a possibilidade de que em breve seja apresentado um estudo mais convincente e conclusivo sobre a descoberta de uma assinatura biológica em outro mundo.

Ela afirmou:

“Acho que vamos ter um estudo científico que apresenta fortes evidências sobre uma bioassinatura na atmosfera de um exoplaneta. E isso acontecerá muito em breve. Vamos colocar desta forma para que fique melhor compreendido: é um número que está na minha cartela de bingo 2024, e eu ficaria muito surpresa se não o marcasse.”

Então aí está, parece que a portas fechadas na comunidade astronômica algo já é conhecido e, como disse Peake, é apenas uma questão de tempo até que seja anunciado ao público… Talvez apenas alguns meses.

(FonteMP)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code