web analytics

Jornalista investigativo diz saber onde está OVNI acidentado

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

O jornalista investigativo Ross Coulthart disse que uma nave alienígena acidentada foi encontrada e é tão grande que não puderam movê-la do local. Ao invés disso tiveram que construir um prédio sobre ela.

Jornalista investigativo diz saber onde está OVNI recuperado
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Coulthard também disse que esta suposta nave não se encontra nos Estados Unidos e ele sabe exatamente onde ela está.

As declarações de Coulthart ocorreram quando ele foi entrevistado no podcast do Project Unity Abaixo você pode assistir o segmento onde ele fez estas declarações impactantes (legendada em português por Vinícius José e publicada no Canal João Marcelo):

Ao procurar por mais informações a respeito das declarações bombásticas de Coulthart, me deparei com este tuíte de Tyler Rogoway, que traduzo abaixo:

“Nunca um momento de tédio na terra UFO! Ross Coulthart – o jornalista que entrevistou o denunciante e veterano da inteligência David Grusch, que afirma que os EUA têm OVNIs em sua posse – disse que os EUA têm um OVNI tão grande que não pode ser movido e tiveram que construir uma estrutura em torno dele em um país estrangeiro onde ele caiu.

Claro, isso levou a comunidade OVNI à caça desse ‘tesouro enterrado’. Como resultado, uma instalação em Seul, na Coreia do Sul, é o que muitos dizem ser a instalação misteriosa.

Embora uma grande estrutura redonda de 80 metros de diâmetro no topo de uma montanha certamente seja interessante, no contexto da Coreia do Sul faz muito sentido além de esconder algum OVNI gigante (difícil esconder isso basicamente na periferia de uma cidade extremamente populosa de qualquer maneira, mas esse não é o ponto aqui).

Quando vi pela primeira vez as imagens de satélite da estrutura em questão, três coisas me chamaram a atenção.

1) Sua localização e como foi construída. Ela fornece uma linha de visão clara em todas as direções entre os icônicos terrenos elevados da Coreia do Sul. Parece construída sob medida para conseguir isso com base em sua localização, no design da estrutura e na montanha em que foi construído.

2) A matriz no centro da instalação circular é um VORTAC comum (veja o mapa VFR abaixo) usado para navegação de aeronaves. Desempenharia um papel crítico para o tráfego aéreo operando na região. A linha de visão de 360 ​​graus é a chave para isso, pois é um emissor/sistema DME omnidirecional. Você não pode colocar um em um campo abaixo, pois suas emissões de rádio serão bloqueadas pelo terreno elevado. A parte TACAN do VORTAC (em oposição a um VOR) é crítica para apoiar as operações de aviação militar, que são fundamentais para a defesa da Coreia do Sul.

3) A grande área superior desta estrutura. Embora isso pareça um tanto misterioso, no contexto do VORTAC não é, ela fornece uma área ‘estéril’ ao redor da matriz, mas também no contexto da situação de segurança única em que a Coreia do Sul existe todos os dias, faz todo o sentido.

Deixe-me explicar:

Quando vi essa estrutura, imediatamente disse ‘aposto que você pode dirigir veículos lá em cima’. Com certeza, você pode, como visto na imagem abaixo. Durante uma crise, esta grande estrutura plana seria um local ideal para sistemas antiaéreos. Forneceria uma ampla área para organizar sistemas de sensores e/ou bateria AAA/míssil. Essa mesma linha de visão desobstruída crítica seria a chave para defender Seul em um ataque que poderia acontecer ‘qualquer dia’ por quase um século. Também forneceria acesso fácil por helicóptero para mover equipamentos e pessoal de grande porte.

Talvez ela sirva também para outros usos, como bunker de contingência para certas operações militares, como defesa aérea, que não são incomuns na Coreia do Sul. Não se sabe se a instalação também serve a funções adicionais de controle de tráfego aéreo neste momento.

Portanto, há um caso de uso muito claro para tal instalação naquela posição exata para conduzir sua missão atual como auxílio crítico ao tráfego aéreo, inclusive para aeronaves militares. E é um poleiro perfeito para ajudar a defender os céus da maior cidade da Coreia do Sul.

Então, um OVNI enterrado vem com tudo isso? Vou deixar essa resposta para você. Mas, claramente, esta instalação tem outros propósitos muito mais pedestres.

A foto adicionada ao seu tuíte é a seguinte:

Jornalista investigativo diz saber onde está OVNI recuperado
Google Earth: 37D24’49”N 126D55’42”E

É importante destacar que, embora Ross Coulthart tenha alegado ter recebido informações de fontes confiáveis, a veracidade dessas afirmações ainda não foi comprovada. Além disso, é necessário considerar que a localização mostrada na imagem, que supostamente retrata um prédio construído sobre uma nave alienígena acidentada, pode não corresponder ao local ou país mencionados por Coulthart. Nesse sentido, vamos aguardar por informações adicionais antes de tirar conclusões definitivas.

n3m3

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code