web analytics

OVNI derrubando jato: Questão de tempo, diz piloto

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

Um piloto de alto nível alertou que é apenas uma “questão de tempo” até que um OVNI derrube um jato, depois que o governo dos EUA admitiu que está investigando pelo menos 11 quase acidentes.

OVNI derrubando jato: Questão de tempo, diz piloto
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

O ex-tenente da Marinha dos EUA, Ryan Graves, disse que passou próximo de objetos misteriosos quase diariamente durante missões de treinamento no porta-aviões movido a energia nuclear USS Theodore Roosevelt em 2015.

Como oficial de segurança naval, ele disse que os OVNIs representam um perigo para as aeronaves.

Ele é um dos vários pilotos a fornecer evidências para a atual investigação do governo dos EUA sobre 650 contatos imediatos entre militares e OVNIs…

Graves disse ao programa que ele e os pilotos do FA-18 Super Hornet começaram a ver contatos de radar que achavam que não pertenciam a eles, antes de dois jatos voando em conjunto terem um encontro perigoso.

Ele disse que o piloto líder da missão viu um objeto passar bem perto de sua aeronave, passando a 15 metros.

Graves disse:

“O que eles descreveram foi um cubo escuro dentro de algum tipo de esfera clara, onde os cantos do cubo tocam o interior dessa esfera.

Quando a equipe voltou, eles ficaram chocados e disseram ‘Ei, quase batemos em uma dessas malditas coisas’.

Realmente não havia resposta para o que era, então nosso esquadrão registrou um relatório de segurança. E continuamos preenchendo relatórios.”

Graves disse que o governo dos EUA levou seis anos para iniciar uma investigação sobre o que eram os OVNIs.

Ele continuou:

“Gastamos muito tempo, muitos recursos, garantindo que nossas aeronaves operem com segurança e pensando que ignoraríamos um possível problema de segurança por causa de um pouco de ceticismo em torno de um acrônimo de três letras (UFO) – simplesmente não faz sentido.

É apenas uma questão de tempo até que haja uma colisão no ar.”

Graves disse aos investigadores que os OVNIs sempre estiveram por aí, variando em número de dois a sete. Os pilotos começaram a operar em diferentes partes da área de treinamento para evitar bater nos objetos misteriosos.

Quando o USS Theodore Roosevelt se mudou de 1000 quilômetros ao sul da Virgínia para Jacksonville, Flórida, os avistamentos continuaram.

Foi quando um piloto do FA-18 filmou um dos mais famosos de todos os vídeos de OVNIs, mostrando um objeto parecido com um ‘pião’.

Os pilotos podiam ser ouvidos gritando “oh meu Deus” e “olha para aquela coisa cara – está girando”.

Graves disse que desde então recebeu relatos de pilotos que dizem ainda ver objetos semelhantes.

Ele disse:

“A verdade é que ninguém sabe o que são.

Mas temos a capacidade de descobrir se quisermos.”

O vice-diretor de inteligência dos EUA, Scott Bray, disse ao Congresso dos EUA que estava ciente de pelo menos 11 quase acidentes entre aeronaves militares e OVNIs.

Embora ele não soubesse o que eram as naves misteriosas, ele acrescentou:

“Posso dizer com certeza que vários deles são objetos físicos.”

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code