web analytics

Alienígenas estão esperando o momento certo para fazer contato?

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Os alienígenas podem estar esperando até uma versão cósmica do ‘meio-dia’ para enviar seus sinais para nós, sugeriram os cientistas.

Alienígenas estão esperando o momento certo para fazer contato?
Ilustração artística de um exoplaneta rochoso semelhante à Terra (neste caso, Kepler-1649c), orbitando seu sol. Os alienígenas em tal planeta podem optar por transmitir sinais para a Terra quando estiverem diretamente entre a Terra e seu próprio sol. (Crédito da imagem: NASA/Ames Research Center/Daniel Rutter)

Em um novo estudo, os pesquisadores procuraram sinais tecnológicos de alienígenas durante os momentos em que os exoplanetas passam diretamente na frente de seus sóis, do ponto de vista da Terra. Esses momentos exatos podem ser a chance perfeita para um mundo alienígena enviar um sinal para os terráqueos na tentativa de fazer contato.

A líder do estudo, Sofia Sheikh, uma pesquisador de pós-doutorado em radioastronomia no Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI) Institute, disse:

“Os trânsitos exoplanetários são especiais porque podem ser calculados tanto por nós na Terra, como observadores, quanto por qualquer espécie tecnológica em potencial no próprio sistema exoplanetário, como os transmissores.”

Esses trânsitos, então, são um tempo previsível e repetitivo durante o qual os alienígenas podem pensar em enviar mensagens e os terráqueos podem procurar recebê-las.

Sheikh ao Live Science por e-mail:

“Essa estratégia nos ajuda a reduzir a enorme questão de onde e quando procurar uma mensagem nas vastas extensões do espaço.”

O novo estudo, publicado em 9 de dezembro no site de pré-impressão arXiv e agendado para publicação revisada por pares no The Astronomical Journal, não encontrou nenhuma evidência de alienígenas tagarelas. Mas o estudo pesquisou apenas uma dúzia de planetas distantes. No futuro, eles planejam olhar mais longe com uma variedade de telescópios.

Desde que a tecnologia de rádio foi inventada no final do século XIX, a Terra tem vazado transmissões para o espaço – e ocasionalmente, como na famosa Mensagem de Arecibo de 1974, as enviou deliberadamente na esperança de contatar qualquer extraterrestre inteligente que possa estar ouvindo. Esperando que civilizações alienígenas inteligentes também possam vazar sinais tecnológicos, ou technosignals, os pesquisadores também examinam a galáxia em busca de ondas de rádio que possam ter se originado de tecnologia alienígena.

Mas a galáxia é um lugar grande, então uma questão chave é onde procurar. Sheikh e sua equipe decidiram espionar exoplanetas distantes enquanto eles passavam na frente de seus sóis, no que é conhecido como ‘ponto Schelling‘ – uma solução para um problema que dois indivíduos tendem a adotar se não estiverem se comunicando um com o outro. Em outras palavras, o momento do trânsito planetário parece ser o momento lógico para se conectar, tanto do ponto de vista do transmissor quanto do receptor.

Sheikh e seus colegas usaram o telescópio Robert C. Byrd Green Bank do estado da Virgínia Ocidental (EUA) para procurar sinais de rádio de 12 exoplanetas cujos trânsitos foram observáveis ​​durante uma breve janela em março de 2018. Eles detectaram muitos sinais de rádio – quase 34.000, na verdade – mas 99,6% desses poderiam ser descartados imediatamente como interferência das comunicações terrestres. Um grupo de cientistas cidadãos treinados fez o trabalho de examinar os sinais.

No final, todos os sinais, exceto dois, foram determinados como devido à interferência. Os dois restantes, um par de rajadas curtas de Kepler-1332b e Kepler-842b – ambos planetas potencialmente rochosos maiores que a Terra – foram considerados dignos de mais acompanhamento. No entanto, disse Sheikh, esses dois também são quase certamente devido a interferência e não são mensagens reais.

No entanto, disse ela, o estudo é uma prova de que o método de busca pode funcionar. Os pesquisadores planejam fazer mais observações no futuro no Allen Telescope Array do Instituto SETI, na Califórnia.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Egídia dos Santos, Edward de Lima.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!