Mistério do “microchip” inserido em rocha antiga é resolvido

Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas do Instituto Russo de Pesquisa em Nanotecnologia analisaram a rocha que supostamente continha um microchip.

Mistério do microchip inserido em rocha antiga é resolvido

Em novembro de 2014, Viktor Morozov, pescador da região de Krasnodar, na República da Adygea, encontrou uma pedra no leito do rio Khodz que parecia conter um ‘microchip antigo’. Intrigado com a descoberta curiosa, ele doou a pedra para Alexander Burlutsky, um homem instruído, membro da Sociedade Geográfica Russa (RGS) que alegou ter encontrado esquemas visualmente semelhantes.

Burlutsky disse:

“Mesmo que pareça fantasia, vou presumir que uma inteligência extraterrestre poderia deixar um concentrador de energia biológica em nosso planeta em um passado distante. Por que não?”

Sergey Frolov, da associação Armavir Kosmopoisk, disse ao jornal Pravda:

“A primeira coisa que me chamou a atenção foi uma inserção incomum em uma rocha sólida, do tamanho de um cartão SIM de telefone e aparentemente semelhante a um microcircuito.”

Grupos ovnilógicos estavam assim convencidos de que a rocha de Krasnodar era na verdade um OOPART, um objeto fora de tempo e contexto que poderia constituir a prova de uma antiga civilização tecnológica ou mesmo a visita de seres extraterrestres à Terra há milhares de anos.

E dizemos milhares de anos porque especialistas do Instituto de Pesquisa de Nanotecnologia e Novos Materiais da Universidade Técnica Estatal do Sul da Rússia realizaram vários testes e, após análise, descobriram que a rocha tinha 450 milhões de anos e, claro, no período SilurianoDevoniano, não havia microchips… a menos que fossem trazidos por alienígenas em uma nave espacial.

A amostra analisada tinha o tamanho de 15 x 11 x 4,5 centímetros e tinha uma cor marrom-acinzentada, com uma plataforma polida que na verdade era um material organogênico!

Sergei Frolov, do Instituto Politécnico de Novocherkassk, determinou que o misterioso microchip era na verdade “um fragmento de esqueleto de um lírio do mar (crinóide) e um número subordinado de pequenas válvulas de concha redondas de até 1 cm de tamanho” ao seu redor.

Cientificamente falando, os crinóides são uma das classes de equinodermos que prosperaram nos mares Paleozóico (Palaeocrinoidea) e Mesozóico (Neocrinoidea), onde viviam em águas rasas. Tendo em conta a localização da descoberta, na bacia do rio Khodz, um afluente esquerdo do Laba, o calcário crinóide teria de fato entre 410-450 milhões de anos.

“O que a rocha mostra é, especificamente, um fragmento do caule do lírio, especificamente sua seção axial. Fim do mistério.”

O relatório divulgado no ano passado não incomodou Burlutsky nem outros membros da Sociedade Geográfica Russa. Pelo contrário, o fato de que um achado com essas características tenha caído em suas mãos, com um ser vivo com mais de 400 milhões de anos, permitiu-lhes conhecer os tempos em que as montanhas do Cáucaso nasceram, quando o oceano de Tétis mudou de posição, desaguando nos mares Negro, Azov, Cáspio e Aral e sobre a biodiversidade da época.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!