Cientistas estão preocupada que “marcianos” possam invadir a Terra

Tempo de leitura: 2 min.

A exploração de Marte é um foco ainda crescente para a comunidade espacial internacional, e organizações em todo o mundo – particularmente a China e os EUA – têm como objetivo trazer amostras marcianas para os laboratórios terrestres nos próximos dez anos.

Cientistas estão preocupada que "marcianos" possam invadir a Terra
Poderiam micróbios de Marte ameaçar o nosso planeta?

No entanto, alguns cientistas não estão exatamente empolgados com as missões de recuperação de rochas, relata a Scientific American. Muitos temem que as amostras possam conter patógenos marcianos desconhecidos e potencialmente fatais e, em um fórum público da NASA, eles expressaram essas preocupações em termos inequívocos.

Medo dos marcianos

Um comentarista disse:

“Vocês estão fora de si? Não simplesmente não. Não de jeito nenhum!”

Outro acrescentou:

“Nenhuma nação deve colocar todo o planeta em risco.”

De acordo com o SciAm, a NASA sustenta que a missão apresenta pouco ou nenhum risco para a segurança ambiental ou humana, uma visão que – para ser justo – muitos especialistas compartilham.

O proeminente astrobiólogo Steve Benner, por exemplo, disse à revista que, se os materiais marcianos apresentassem uma ameaça à Terra, já saberíamos. Marte é frequentemente atingido por asteroides e outras rochas espaciais e, como resultado, dissipa substâncias planetárias com bastante regularidade; segundo o cientista, cerca de 500 quilos desse material marciano já chegam à Terra a cada ano. Ele supostamente mantém um pedaço de rocha do Planeta Vermelho em sua mesa.

O disse astrobiólogo à publicação:

“Nos mais de 3,5 bilhões de anos desde que a vida apareceu na Terra, trilhões de outras rochas fizeram jornadas semelhantes. Se a microbiota de Marte existe e pode causar estragos na biosfera da Terra, isso já aconteceu, e mais alguns quilos da NASA não farão diferença.”

A abordagem da NASA não é sem cuidado. A agência espacial americana planeja armazenar as amostras em um biolaboratório seguro, fora do local, perto das instalações remotas da Força Aérea dos EUA em Utah, onde a recuperação proposta deve pousar.

Explorar o desconhecido vem com incógnitas. Parece improvável que os patógenos marcianos de carona causem estragos em nosso ponto azul pálido – mas com apostas tão altas, vale a pena entreter um debate saudável sobre como mitigar o risco.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!