web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

China diz que vai trazer rochas de Martes 2 anos antes da NASA

Tempo de leitura: 2 min.

A NASA pode ter sido a primeira a pousar com sucesso uma série de jipes-sondas na superfície marciana – mas a China espera superar a agência tornando-se a primeira nação a trazer amostras do Planeta Vermelho à Terra, informa a SpaceNews.

China diz que vai trazer rochas de Martes 2 anos antes da NASA
Zhurong da China fotografa seu próprio paraquedas a uma distância de 30 metros, 12 de julho de 2021. Crédito: CNSA/PEC

E dado seu impressionante histórico nos últimos tempos —a China se tornou o segundo país a pousar um jipe-sonda em Marte, em 2020 —o programa espacial chinês tem uma boa chance de fazer exatamente isso, deixando outros países como os EUA e a Rússia na poeira.

De acordo com uma apresentação recente de Sun Zezhou, projetista-chefe da missão orbital e do jipe-sonda Tianwen-1 Mars, a China espera iniciar uma missão de retorno de amostras de Marte chamada Tianwen-3 no final de 2028, retornando amostras até julho de 2031 – dois anos antes da missão conjunta da NASA com a Agência Espacial Europeia (ESO), segundo a SpaceNews.

Enquanto a NASA e a ESA também esperavam inicialmente trazer amostras até julho de 2031, em uma missão ambiciosa com muitas partes móveis, incluindo o jipe-sonda Perseverance da NASA, é improvável que o Earth Return Orbiter da ESA volte à Terra até pelo menos 2033 , de acordo com revisões recentes.

A missão chinesa Tianwen-3 será um pouco menos ambiciosa do que esses esforços. Primeiro, os foguetes superpesados ​​Long March da China enviarão um veículo de aterrissagem e ascensão a Marte, com o primeiro amostrando o solo local e retornando à Terra com a ajuda do segundo.

O país também está construindo uma vasta experiência, já tendo enviado uma espaçonave chamada Tianwen-1 para a órbita marciana, pousado um jipe-sonda chamado Zhurong na superfície do Planeta Vermelho e recuperado com sucesso amostras lunares com sua missão Chang’e-5.

Enquanto a NASA está atolada com outros projetos notáveis, como o retorno de astronautas à superfície lunar, a China está emergindo rapidamente como o país a ser observado quando se trata de exploração espacial.

(Fonte)

Colaboração: Kaczmarczik


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!

Por favor, para ajudar manter o OH vivo, considere desativar seu bloqueador de anúncios ou colocar o OH na lista de sites permitidos (whitelist).

Agora, mais do que nunca. isto é importante.

Seu acesso sempre foi e sempre será gratuito, e você não é obrigado a clicar em nenhum anúncio, embora isso ajude muito na continuidade do site.

Muito obrigado.