web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

O padre italiano que se encontrou com alienígenas

Tempo de leitura: 3 min.

Por Cesare Valocchia
Embora existam milhões de testemunhos de pessoas que entraram em contato com entidades extraterrestres ou simplesmente OVNIs em todo o mundo, muito poucos são os que dizem respeito ao testemunho de membros do clero, ou em qualquer caso, daqueles que vivem a sacralidade das religiões.

O padre italiano que se encontrou com alienígenas

Hoje quero contar sobre um evento incrível e particular que se refere ao contato imediato de um missionário religioso com um objeto voador não identificado.

Aos 18 anos, o Irmão Giuseppe Madau era um jovem seminarista que se viu protagonista de um acontecimento ocorrido em plena luz do dia. Ele foi levantado por um OVNI junto com um cachorro que o acompanhava. Ele tornou-se um padre da Sardenha, mas o dia 13 de setembro de 1948 marcou sua vida para sempre.

É véspera do aniversário da Santa Cruz de Oristano, estamos na Sardenha, a ilha italiana, e tudo está decorado em todos os detalhes para a festa. Madau sai do convento onde está em retiro espiritual e sai para recitar o Rosário. Depois de atravessar o jardim por um caminho ao longo da estrada que o leva para fora dos muros, encontra o cão do guardião que começa a segui-lo até ao fim de uma trilha.

O encontro com o objeto

É um dia claro e sereno por volta das 19h e apesar da chegada do pôr do sol há excelente visibilidade. Madau absorto em suas orações volta o olhar para o céu; ele está recitando a Ave Maria quando vê um ponto claro no alto se aproximando.

A princípio, confundido com um pássaro, ele logo percebe que é um objeto que se move voando em sua direção e gradualmente se torna cada vez maior. Maravilhado com essa coisa longe de seu conhecimento, na verdade ele é um jovem e grande parte do noviciado é vivido isoladamente, longe de tudo e de todos.

Ele consegue definir claramente os contornos do objeto que aparece como um disco prateado com uma cúpula que parece plástico transparente. Dentro há dois humanoides com traços juvenis.

O objeto para num eucalipto, (essa coisa faz-me lembrar o objecto voador de Fátima que apareceu aos três pastorinhos suspensos no cimo de uma azinheira).

No mesmo instante o padre Madau ouviu vozes da praça da cidade gritando: “A luz se apagou! A luz se apagou!”

Padre Madau está perplexo e intrigado com o que está vivendo. Os dois homens que ele descreveu como muito bonitos e de aparência nobre são muito altos, talvez 2 metros, usam uma roupa prateada e, acima de tudo, sorriem depois que o frade levanta um braço para cumprimentá-los. Então eles parecem convidá-lo a entrar em seu veículo, mas o irmão Madau se recusa, talvez por medo.

O objeto então se colocou em uma atitude que permitiu ao frade ver um buraco circular escuro na parte debaixo do veículo. Então ele identificou uma espécie de correia metálica na superfície externa que começou a se mover primeiro em solavancos e depois cada vez mais rápida, depois começou a emitir feixes de luz colorida que Madau definiu como blocos (é o fenômeno da luz sólida, presente em muitos depoimentos de encontros imediatos). Cada bloco de luz terminava com uma espécie de gargalo.

De repente o OVNI desapareceu e Madau percebeu primeiro como dedos elétricos puxando-o e depois no cérebro um som semelhante a uma interferência elétrica que o frade interpretou como se seu cérebro fosse sondado, uma sensação muito irritante que assustou Madau, temendo ser carregado e que nos anos seguintes o fez refletir sobre se era apropriado submeter-se à hipnose regressiva.

Tentando se opor a essa busca mental com a mente, gritou: “Não, não quero!” E invocou a ajuda da Virgem Maria. De repente, porém, em sua mente, ele ouviu claramente uma voz feminina dizendo: “Mas deixe-o em paz!“, o que foi seguido por vozes indistinguíveis em seu significado porque eram muito rápidas.

Depois de um tempo novamente a voz feminina voltou a ser ouvida em sua cabeça e desta vez foi peremptória ao dizer: “Basta! Deixe-o!

Nesse momento tudo cessou, acabou aquela sensação de exploração cerebral; o frade teve a sensação de estar descendo no chão, sensação que se tornou certa quando viu que a mesma coisa acontecia com o cachorro que estava com ele.

Ele voltou a cerca de dez metros de onde estava no início e novos gritos vindos da cidade diziam que a luz havia voltado.

Recuperando-se lentamente, ele caminhou desorientado em direção a seus companheiros para contar o que havia acontecido, mas seus irmãos o silenciaram gravemente.

Décadas depois, o frade disse que teve outra experiência com um OVNI, não tão traumática quanto a primeira.

Em 1974, enquanto ele estava voando na fase de pouso sobre os céus da Zâmbia, ele avistou pela janela de seu avião um enorme objeto cilíndrico cor de metal ao lado.

O Padre Madau deu este testemunho ao Centro Nacional UFO italiano antes de sua morte em agosto de 2013.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp

hit counter code