web analytics

A próxima erupção de um supervulcão poderá ocorrer sem aviso

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 2 min.

Da próxima vez que a erupção de um supervulcão despejar cinzas suficientes na atmosfera para alterar o clima da Terra, a humanidade poderá não perceber isso chegando. Isso porque vulcões grandes o suficiente para causar uma mudança dramática na luz do Sol, muitas vezes chamados de “supervulcões”, podem não oferecer nenhum aviso de que estão se preparando para entrar em erupção.

A próxima erupção de um supervulcão poderá ocorrer sem aviso
Crédito: Pexels/Pixabay

Geólogos já haviam identificado sinais de alerta específicos que eles acreditavam ter precedido tais erupções massivas, mas esta última pesquisa parece indicar que esses sinais reveladores não estão necessariamente presentes antes de cada erupção que tem o potencial de alterar o clima.

Nos filmes, esses tipos de erupções vulcânicas massivas costumam ser precedidos por uma série de eventos trágicos. Essas calamidades podem incluir mini-terremotos, tempestades elétricas localizadas ou até mesmo pássaros caindo do céu. Na vida real, geólogos que estudam explosões anteriores dessa magnitude olham para as mudanças no ambiente, bem como no próprio vulcão, para tentarem entender os sinais de alerta que essas erupções que alteram o clima podem oferecer. Essas pistas podem incluir desmatamento, paisagem alterada pelo aumento do magma e mudanças químicas no solo.

O site Debrief cobriu o risco de tal explosão em setembro, envolvendo o mesmo supervulcão indonésio destacado pela última pesquisa.

Neste estudo, pesquisadores da Universidade de Pequim verificaram se o magma estava se acumulando a uma taxa rápida o suficiente sob o vulcão para causar uma erupção. Em alguns casos antigos, a resposta era sim, mas à medida que avançavam no tempo, viram que a taxa entre as explosões estava diminuindo sem os sinais de um aumento do acúmulo de magma.

O geólogo Ping-Ping Liu, da Universidade de Pequim, disse em um artigo da ScienceAlert:

“Este é um círculo vicioso de erupções. Quanto mais o magma aquece a crosta, mais lento o magma esfria e mais rápida se torna a taxa de acúmulo de magma.”

A pesquisa do grupo, que foi publicada nos Proceedings of the National Academy of Sciences, também relatou que os sinais indicadores no ambiente localizado não estavam presentes antes de cada erupção massiva, observando que:

“Nossos resultados indicam que variações significativas dos parâmetros de monitoramento, como aumento deformação ou desgaseificação da superfície, pode não ocorrer antes da supererupção.”

No artigo do ScienceAlert, a equipe observa que atualmente se pensa que existem 5 a 10 vulcões em todo o mundo que podem ter força suficiente para cobrir grande parte da atmosfera com cinzas, incluindo o vulcão Lago Toba, na Indonésia, que foi o centro do estudo. E, eles também observam, se o passado servir de guia, tal explosão pode não apenas alterar o clima da Terra por até uma década ou mais, mas pode simplesmente chegar sem aviso prévio.

O cientista geólogo, Luca Caricchi, da Universidade de Genebra, na Suíça, menciona no artigo dos ScienceAlert:

“Nosso estudo também mostra que nenhum evento extremo ocorre antes de uma supererupção. Isso sugere que os sinais de uma supererupção iminente, como um aumento significativo nos terremotos ou uma rápida elevação do solo, podem não ser tão óbvios quanto os retratados nos filmes de desastres da indústria cinematográfica.”

(Fonte)


Como já mencionei várias vezes aqui, eventos catastróficos impactantes para a humanidade sempre nos pegam de srupresa … Bem, pelo menos a maioria de nós.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ||| Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portante aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code