web analytics
Tempo de leitura: 5 min.

Cientista cético, Neil deGrasse Tyson, é desafiado a debater sobre OVNIs

Tempo de leitura: 5 min.

A “carta”abaixo foi escrita por Bryce Zabel (detalhes sobre ele Tyson ao final do artigo), desafiando o famoso cientista cético, Neil deGrasse Tyson para um debate sobre OVNIs.

Cientista cético, Neil deGrasse Tyson, é desafiado a debater sobre OVNIs
Crédito: Medium.com

Esta carta aberta desafia você (Tyson) a defender seu ceticismo sobre a realidade OVNI em um debate público. Você poderá ir além de frases de efeito e piadas para chegar ao cerne da questão?

Uma carta aberta para Neil deGrasse Tyson

Eu tenho esperado muito tempo para você parar de se esquivar, rejeitar e se desviar sobre a questão dos OVNIs e se envolver em uma conversa direta sobre o que eles realmente são e de onde estão vindo. Talvez eu esteja apenas ficando velho e impaciente, mas os tempos estão mudando, o planeta está queimando e inundando ao mesmo tempo, e eu não posso esperar mais. Mas não sou só eu …

Todos os dias ouço falar de pessoas que estão frustradas e cansadas da obstrução do governo, indiferença da mídia e uma atitude zombeteira de alguns cientistas influentes como você. É por isso que estou entrando nesta lacuna e convidando você a divulgá-la comigo em algum tipo de fórum público. Um lugar onde as perguntas têm real valor jornalístico e as respostas vão além de frases de efeito rápidas.

Eu o desafio para um debate ao vivo de duas horas em pessoa sobre o tópico OVNI no início de 2022 – disponível ao público na TV, detalhes a serem acordados mutuamente.

Pronto, eu disse isso e, se você está lendo isso, significa que eu realmente apertei o botão “enviar”. Sei que isso pode soar para alguns como pouco mais do que um golpe publicitário. Não é meu objetivo, mas vou usá-lo se for preciso, porque este assunto merece ser levado a sério. Na verdade, exige isso.

O Comitê de Inteligência do Senado certamente parece pensar assim. Mas você não. E isso sempre me irritou, apesar do fato de que você parece basicamente ser um cara legal. Nós nos encontramos pessoalmente algumas vezes na premiação do Emmy (fui presidente da TV Academy) e você não poderia ter sido mais charmoso, especialmente com meus filhos. E já que eles vão herdar um mundo que ocultou informações vitais do público por muito tempo, essa troca de ideias sincera e sem barreiras que estou propondo está muito atrasada. Tivemos décadas de negação e sendo mantidos no escuro. Vamos lançar alguma luz de limpeza.

Podemos começar com o Relatório OVNI do governo divulgado em 25 de junho, no qual nossa comunidade de inteligência veio à tona e admitiu que essas coisas são reais. E que eles têm uma pilha de casos de testemunhas militares de cair o queixo para provar isso, completos com backups de sensores e uma pilha de vídeos digitais dignos de uma “maratona” da Netflix.

O pessoal do Congresso recentemente teve uma exibição privada e cerca de quarenta minutos de imagens classificadas os deixaram “pasmos” (“gobsmacked” em inglês, não usada tão frequentemente) com a experiência. Como você tem vários diplomas mais avançados do que eu, provavelmente já sabe o que essa palavra significa. Eu tive que procurá-la. É definida como “totalmente espantado, perplexo, completamente chocado.” Eu realmente gosto dessa palavra e estou adicionando-a ao meu vocabulário. Posso até usar em uma frase:

Estou totalmente gobsmacked com seu comportamento recente em relação a este assunto.

O eleitorado invisível

Em vez de dar atenção séria aos casos que foram analisados ​​por especialistas do Departamento de Defesa (DoD) e pesquisadores privados que passaram anos investigando alguns deles – então foram vistos e levados a sério por políticos de alto escalão de ambos os lados do corredor – suas respostas sobre OVNIs consistem em tuítes maliciosos e críticas sarcásticas. Você trata as pessoas que até consideram essa ideia como o equivalente a aqueles que creem que a Terra é plana. Se sua frase de efeito diz que você vai acreditar quando um alienígena o convidar para jantar ou um abduzido trouxer um cinzeiro, ou aqueles casos da Marinha são provavelmente avarias de equipamento, ou as testemunhas deveriam transmitir ao vivo suas abduções – para muitos isso é perturbadoramente insensível.

Isso é exatamente o que me dá coragem para lançar este desafio – porque ele é feito em nome de pessoas que se sentem menosprezadas por você. Devo admitir que estou um pouco intimidado com a audácia disso porque, ao contrário de você, reconheço que muitos daqueles por quem eu estaria falando estão entre os nossos melhores e mais brilhantes. Funcionários da NASA, pilotos militares e civis e operadores de radar, até mesmo pessoas em quem confiamos para vigiar as armas nucleares de nosso país. Muitos deles são até cientistas como você. Mas muitos outros são apenas pessoas decentes e trabalhadoras que não merecem ser tratadas como menos inteligentes ou honestas do que qualquer outra pessoa.

Você sabia que artigos aqui no site Medium e os tuítes relacionados que mencionam o seu nome neste assunto recebem um grande tráfego porque as pessoas estão simplesmente irritadas com o seus artifícios? A simples menção do seu nome atrai uma resposta unificada de um grupo de pessoas que, de outra forma, não conseguem concordar sobre quase nada. Mas eles concordam com a surpreendente unanimidade de que se sentem insultados por sua atitude casualmente desdenhosa. Isso pode parecer desagradável, Neil, mas são dados e você sempre diz que confia neles.

Se preocupando com a verdade

E para que ninguém pense que isso é Ciência Versus Emoção, vamos lembrar que por treinamento e experiência, você é um cientista e eu sou um jornalista, duas profissões que deveriam se preocupar com o que é verdadeiro e o que não é. No mundo de hoje, onde mentiras flagrantes sobre a ciência ganham força, devemos estar do mesmo lado em pelo menos algumas maneiras. Talvez haja um terreno comum que nunca foi explorado entre sua posição e o mistério cada vez mais público dos OVNIs.

No início da minha carreira, quando cheguei a pensar no assunto, foi para cobrir as notícias. E isso exigia um ceticismo saudável. Tive a sorte de relatar histórias para a CNN e a PBS que incluíam lançamentos e pousos de ônibus espaciais, a indústria aeroespacial e as missões Saturno e Marte. Na verdade, naquela época eu tive um debate amgiável improvisado, mas animado no estacionamento da KCET, depois de apresentar um programa ao vivo com seu predecessor da série Cosmos, Carl Sagan, sobre o assunto … espere … OVNIs!

Você e o falecido Dr. Sagan compartilham mais do que apenas a conexão com uma popular série de TV. Você também teimosamente insiste, como ele fez, que embora o Universo possa ser – até mesmo deve estar – repleto de vida, que é fantástico pensar que qualquer forma de vida alienígena poderia estar aqui, dadas as vastas distâncias. Isso os deixou mais entusiasmados com os sinais de rádio do espaço e micróbios em Marte do que com a tecnologia exótica operando bem aqui na Terra.

Então aqui está o negócio, Neil … você não deve nada a mim. Mas o país que você entretém e incita a respeitar a ciência precisa que você pare de bisbilhotar como um adolescente sabichão sobre esse assunto crítico e diga porque você realmente pensa da maneira que pensa – em detalhes, em um ambiente legítimo. Como uma das melhores mentes de nossa nação, você não deveria estar trabalhando com o resto de nós para que aquela pequena fresta de luz do dia do relatório OVNI levasse à porta sendo escancarada?

Você poderia ser parte da solução, em vez de, intencionalmente ou não, ajudar a manter as pessoas do planeta que você ama na ignorância do que poderia ser a maior descoberta científica da história da humanidade. Portanto, aceite meu desafio de debater a realidade dos OVNIs e me diga porque você acha que milhões de pessoas instruídas que discordam de você estão erradas. Parece uma coisa decente a se fazer, e estamos falando sobre o tempo de uma noite.

O que temos a perder?

Vamos jogar juntos e fazer um show sobre ideias importantes, fatos e a natureza do Universo.

O que quer que façamos, no entanto, não vamos torná-lo apenas mais uma reunião no Zoom, mas escolher um espaço físico que tenha massa e volume reais (e cadeiras e mesas). E em vez de um apresentador de podcast, vamos fazê-lo com um jornalista reconhecido nacionalmente (que fez o dever de casa suficiente para saber o assunto) atuando como moderador.

Como um cientista estabelecido que é uma celebridade, você sabe que um show ao vivo de duas horas com Neil deGrasse Tyson debatendo OVNIs terá uma grande chance de encontrar um locutor interessado em levá-lo ao público. Vamos encontrar um juntos.

A crescente abertura do governo sobre o assunto tem gerado uma fome nas pessoas de ouvir mais sobre o assunto e de que seja discutido de forma calma e racional. Você tem o dom de tornar a informação divertida e acessível – esta é sua chance de fazê-lo sobre um assunto que clama por sua cortesia ao invés de sua comédia.

Talvez eu marque alguns pontos com você, talvez eu seja apenas o saco de pancadas. Mas, de qualquer forma, as pessoas aprenderão uma ou duas coisas. Feito com o espírito certo, serviria legitimamente ao interesse público.

O onde e quando são detalhes que são resolvidos todos os dias em produções muito mais complicadas do que seria esta. Existem informações de contato no final deste artigo, onde você pode me escrever com sua resposta. Diga sim e vamos fazer um pouco de história.

(Fonte)


Caso você ainda não conheça Neil deGrasse Tyson, veja seu perfil abaixo, seguido do perfil do jornalista/escritor Bryce Zabel:

Como astrofísico, as credenciais acadêmicas de Neil deGrasse Tyson incluem grandes nomes de instituições impressionantes: Harvard, Princeton, UT Austin e Columbia. Ele é o diretor do Planetário Hayden na cidade de Nova Iorque. Em 2014, ele apresentou a versão revisada da série Cosmos. Comunicador científico líder da América, Tyson tem os livros, palestras, prêmios, diplomas e palestras pagas para provar isso. Ele hospeda o podcast semanal Star Talk e sua versão para a TV na National Geographic.
Twitter: @neiltyson


Como escritor/produtor, Bryce Zabel criou cinco séries dramáticas em horário nobre. Ele trabalhou como correspondente da CNN e um repórter investigativo premiado da PBS. Ele é o autor de um livro significativo no campo dos OVNIs, “A.D. After Disclosure” . Sua publicação no Medium, Trail of the Saucers, permite que vozes diversas sejam ouvidas sobre o tema OVNI. Ele é ex-presidente/CEO da Television Academy e professor adjunto da USC School of Cinematic Arts.
Twitter: @hollywoodufos

A grande incógnita agora é, será que Neil deGrasse Tyson irá aceitar o desafío, já que até agora suas declarações contra a presença de OVNIs na Terra são somente deboches embasados no seu “dogma” científico? Logo saberemos.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp