web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Nosso “DNA lixo” pode ter a resposta do porquê de sermos humanos

Tempo de leitura: 3 min.

Nosso DNA é muito semelhante ao do chimpanzé, que em termos evolutivos é nosso parente vivo mais próximo.

Pesquisadores de células-tronco da Universidade de Lund, na Suécia, encontraram agora uma parte antes esquecida de nosso DNA, o chamado DNA não codificado, que parece contribuir para uma diferença que, apesar de todas as nossas semelhanças, pode explicar por que nossos cérebros funcionam de maneira diferente. O estudo foi publicado na revista Cell Stem Cell.

Nosso "DNA lixo" pode ter a resposta do porquê de sermos humanos
Crédito da imagem ilustrativa: depositphotos

O chimpanzé é nosso parente vivo mais próximo em termos evolutivos e pesquisas sugerem que nosso parentesco deriva de um ancestral comum. Cerca de cinco a seis milhões de anos atrás, nossos caminhos evolutivos se separaram, levando ao chimpanzé de hoje e ao Homo Sapiens, a humanidade no século XXI.

Em um novo estudo, pesquisadores de células-tronco na Universidade de Lund, na Suécia, examinaram o que está em nosso DNA que torna os cérebros humanos e de chimpanzés diferentes – e eles encontraram respostas.

Johan Jakobsson, professor de neurociência da Universidade de Lund, que conduziu o estudo, informou:

“Em vez de estudar humanos e chimpanzés vivos, usamos células-tronco cultivadas em laboratório. As células-tronco foram reprogramadas a partir de células da pele por nossos parceiros na Alemanha, EUA e Japão. Em seguida, examinamos as células-tronco que havíamos desenvolvido em células cerebrais.

A base para a evolução do cérebro humano são mecanismos genéticos que são provavelmente muito mais complexos do que se pensava.

Usando as células-tronco, os pesquisadores cultivaram especificamente células cerebrais de humanos e chimpanzés e compararam os dois tipos de células. Os pesquisadores descobriram então que humanos e chimpanzés usam uma parte de seu DNA de maneiras diferentes, o que parece desempenhar um papel considerável no desenvolvimento de nossos cérebros.

Ele disse:

“A parte do nosso DNA identificada como diferente foi inesperada. Era uma chamada variante estrutural do DNA, anteriormente chamada de ‘DNA lixo’, uma longa sequência repetitiva de DNA que há muito tempo foi considerada sem função. Anteriormente, os pesquisadores procuraram respostas na parte do DNA onde estão os genes produtores de proteínas – que constituem apenas cerca de dois por cento de todo o nosso DNA – e examinaram as próprias proteínas para encontrar exemplos de diferenças.”

As novas descobertas indicam, portanto, que as diferenças parecem estar fora dos genes codificadores de proteínas no que foi rotulado como “DNA lixo”, que se pensava não ter função e que constitui a maior parte do nosso DNA.

Jakobsson ainda disse:

“Isso sugere que a base para a evolução do cérebro humano são mecanismos genéticos que são provavelmente muito mais complexos do que se pensava, já que se supunha que a resposta estava nesses dois por cento do DNA genético. Nossos resultados indicam que o que foi significativo para o desenvolvimento do cérebro está, em vez disso, talvez oculto nos negligenciados 98 por cento, o que parece ser importante. Esta é uma descoberta surpreendente. ”

A técnica de células-tronco usada pelos pesquisadores em Lund é revolucionária e tem possibilitado esse tipo de pesquisa. A técnica foi reconhecida pelo Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2012. Foi o pesquisador japonês Shinya Yamanaka quem descobriu que células especializadas podem ser reprogramadas e desenvolvidas em todos os tipos de tecido corporal. E no caso dos pesquisadores de Lund, em células cerebrais. Sem essa técnica, não teria sido possível estudar as diferenças entre humanos e chimpanzés usando métodos eticamente defensáveis.

Por que os pesquisadores queriam investigar a diferença entre humanos e chimpanzés?

Jakobsson diz:

“Acredito que o cérebro é a chave para entender o que torna os humanos humanos. Como é que os humanos podem usar seu cérebro de forma a construir sociedades, educar seus filhos e desenvolver tecnologia avançada? É fascinante!”

Johan Jakobsson acredita que, no futuro, as novas descobertas também podem contribuir para respostas com base genética a perguntas sobre transtornos psiquiátricos, como a esquizofrenia, um transtorno que parece ser exclusivo dos humanos.

Ele conclui:

“Mas ainda há um longo caminho a percorrer antes de chegarmos a esse ponto, pois em vez de realizar pesquisas adicionais sobre os dois por cento do DNA codificado, podemos agora ser forçados a mergulhar mais profundamente em todos os 100 por cento – uma tarefa consideravelmente mais complicada Para pesquisa.”

(Fonte)

Colaboração: Jacque


Ok, ok, ok! Mas a grande questão que fica sem resposta é por que, se os chimpanzés e os humanos tiveram a mesma origem, esses primeiros não conseguiram desenvolver uma estrutura de DNA similar à nossa? O que realmente aconteceu no meio do caminho da “evolução” para que houvesse essa diferença?

Muitas são as ideias sobre isso, que vão desde pura sorte à influência de seres extraterrestres, e até à “centelha Divina” … que não deixa de ser extraterrestre também.

Se você acha que tem a resposta, deixe-nos saber na área de comentários mais abaixo.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é produtos-OVNI-Hoje-1.jpg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Loja-Nerd.jpg

Leitores OVNI Hoje ganham 10% de desconto em todos os produtos da Loja Nerd, inclusive nos produtos OVNI Hoje. (Use o cupom OVH10)


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp