web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas localizam objeto misterioso no espaço profundo da Via Láctea

Tempo de leitura: 2 min.

Algumas evidências indicam claramente que este objeto é muito frio. Mas o brilho estudado em outros comprimentos de onda sugere que ele deve ter uma temperatura mais alta do que o esperado. Por conta disso, o objeto recebeu o apelido de “O Acidente”.

Cientistas localizam objeto misterioso no espaço profundo da Via Láctea - anã marrom
O ponto escuro movendo-se à esquerda é o estranho objeto do espaço profundo da nossa galáxia, a Via Láctea, apelidado de “O Acidente”. É uma anã marrom com características particularmente curiosas. Crédito: NASA / JPL-Caltech / Dan Caselden

Astrônomos descobriram as propriedades de uma anã marrom incomum WISE 1534-1043, apelidada de “O Acidente”. Ela acabou sendo uma primeira representante muito antiga e fria de sub-anãs do tipo Y, que são semelhantes ao Sol. Os resultados do trabalho sugerem que podem existir muito mais anãs marrons opacas nas proximidades do Sol do que se pensava anteriormente.

As anãs marrons são intermediárias entre planetas gigantes e estrelas. Devido à falta de massa em suas profundidades, as reações de fusão com a participação do hidrogênio não podem ocorrer, entretanto, as reações de combustão nuclear do lítio e do deutério são capazes de ocorrer.

Com a idade, as anãs marrons esfriam e seu brilho diminui, tornando difícil encontrar e estudar as representantes mais frias dessa classe, cujas temperaturas efetivas estão abaixo de 450 Kelvin. Isso pode ser comparado aos metais, que mudam de cor de branco brilhante quando aquecidos ao máximo para vermelho profundo quando resfriados.

Atualmente, existem 50 anãs marrons do tipo Y conhecidas e seu estudo pode dizer muito sobre a evolução de tais objetos.

Cientistas localizam objeto misterioso no espaço profundo da Via Láctea = anã marrom
Esta ilustração explica a diferença entre planetas, anãs marrons e estrelas. Crédito: NASA / JPL-Caltech

Uma anã marrom incomum

Um grupo de astrônomos liderados por Davy Kirkpatrick do California Institute of Technology publicou os resultados de uma análise das observações da anã marrom incomum WISE 1534-1043 usando os telescópios espaciais WISE, Spitzer e Hubble, bem como os telescópios Keck.

O WISE 1534-1043 foi originalmente descoberto no ano passado pelo cientista civil Dan Caselden, que analisou dados observacionais do Telescópio Infravermelho Espacial WISE. A análise do brilho do objeto WISE 1534-1043 confundiu os astrônomos, uma vez que os dados obtidos em diferentes comprimentos de onda claramente não concordam entre si.

Algumas evidências indicam claramente que este objeto é muito frio. Mas o brilho estudado em outras ondas sugere que deve ter uma temperatura mais alta do que o esperado. Por conta disso, a anã recebeu o apelido de “O Acidente”.


Os pesquisadores determinaram que o WISE 1534-1043 está a 53,1 anos-luz da Terra e se move a uma alta velocidade lateral – 207,4 quilômetros por segundo. Os dados observacionais não se encaixam no modelo de uma anã marrom muito jovem, um exoplaneta ejetado de seu sistema ou uma anã branca ultra fria.

Características incomuns

Os cientistas concluíram que provavelmente estão lidando com uma anã marrom muito velha, fria (menos de 500 kelvin) e muito pobre em metais (elementos mais pesados ​​que hidrogênio e hélio), que pode ser a primeira sub-anã tipo Y conhecida.

Este objeto tem entre 10 e 13 bilhões de anos e pode ser um membro do halo da Via Láctea.

Todas essas propriedades tornam a WISE 1534-1043 um objeto extremamente interessante para futuros estudos fotométricos e espectroscópicos, nos quais se espera que o Telescópio Espacial James Webb participe.

(Fonte)

Colaboração: Marcelino



P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol