web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Planeta a apenas 35 anos-luz da Terra pode abrigar vida alienígena

Tempo de leitura: 2 min.

Um “mundo aquático” e rochoso localizado a apenas 35 anos-luz da Terra pode abrigar alienígenas, de acordo com novas pesquisas.

Planeta a apenas 35 anos-luz da Terra pode abrigar vida alienígena
Imagem ilustrativa do planeta.

O planeta localizado na constelação de Volans ao sul está à distância perfeita de um sol frio e brilhante para que a água flua na superfície.

Um segundo planeta não confirmado fica mais longe da estrela chamada L 98-59. As descobertas forma feitas usando o TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA.

O sistema L 98-59 parece possuir planetas rochosos como a Terra e Vênus que estão próximos o suficiente da estrela para serem quentes e possivelmente abrigar vida.

A coautora do estudo, Professora Maria Osorio, do Centro de Astrobiologia de Madrid, disse:

“O planeta na zona habitável pode ter uma atmosfera que pode proteger e sustentar a vida”.

Três planetas internos no sistema foram localizados anteriormente. Dois são principalmente secos, mas o outro também é um mundo oceânico de até 30% de água – embora quente demais para a existência de organismos.

Este é um passo importante na busca por vida extraterrestre, afirma a equipe internacional.

O estudo se baseia na análise de dados coletados pelo Very Large Telescope (VLT) do Observatório Espacial Europeu no Chile. Foi descoberto que os ‘exoplanetas’ se assemelham à Terra, Vênus, Mercúrio e Marte. A detecção de sinais de vida depende da habilidade de estudar as atmosferas.

O autor principal, Dr. Olivier Demangeon, da Universidade do Porto em Portugal, disse:

“Temos indícios da presença de um planeta terrestre na zona habitável deste sistema.”

Acredita-se que os três planetas internos tenham água em seus interiores ou atmosferas. O quarto – e suspeito quinto – a tem em sua superfície.

O estudo também estabeleceu que o planeta mais interno tem apenas metade da massa de Vênus – a mais leve já medida usando a técnica da velocidade radial.

A massa foi calculada pela oscilação de uma estrela causada pelo minúsculo puxão gravitacional de planetas em órbita e pelo estudo da luz de estrelas distantes, e procurando por quedas regulares no brilho aparente causadas por um exoplaneta ‘transitando’ na frente da estrela.

Quase 5.000 exoplanetas foram descobertos até o momento. Acredita-se que a Via Láctea contenha 100 bilhões “apenas”.

O Dr. Demangeon acrescentou:

“Este sistema anuncia o que está por vir.

Nós, como sociedade, temos perseguido planetas terrestres desde o nascimento da astronomia e agora estamos finalmente nos aproximando cada vez mais da detecção de um planeta terrestre na zona habitável de sua estrela, da qual poderíamos estudar a atmosfera.”

(Fonte)

Colaboração: Roberto C.C


Possivelmente se trata de um planeta entre bilhões de outras planetas lá fora que possuem vida. Um dia isto será revelado aos moradores deste nosso planeta, que seguem suas vidas preocupados com o dia-a-dia, privados das informações que poderiam mudar seus modos de vida.


– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol