web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Estas são as únicas pessoas na história que morreram fora da Terra

Tempo de leitura: 3 min.

Em 29 de junho de 1971, observadores soviéticos assistiram à cápsula da missão Soyuz 11 voltar à Terra, após uma missão de três semanas no espaço. Do solo, a reentrada parecia rotineira. A nave pousou com segurança a 90 km da cidade de Karazhal, no Cazaquistão, conforme planejado, e uma equipe foi enviada ao local para recuperar a cápsula e a tripulação.

Estas são as únicas pessoas na história que morreram fora da Terra
Tripulação da Soyuz (domínio público)

Quando a equipe de resgate soviética se aproximou da nave Soyuz 7K-OKS no solo, nada parecia errado. Eles bateram na lateral da cápsula; uma tradição usada para saudar os cosmonautas que esperavam. Mas não houve resposta à batida tradicional.

Quando eles abriram a cápsula, descobriram uma tragédia. Todos os três membros da tripulação estavam mortos. A descoberta dos corpos foi uma surpresa, pois a nave não tinha danos externos e a reentrada ocorreu sem problemas. No entanto, toda a tripulação parecia ter sido morta por asfixia.

Os membros da tripulação eram Georgy Dobrovolsky, Vladislav Volkov e Viktor Patsayev. Estes são os únicos três homens que morreram no espaço.

A missão

O objetivo da Soyuz 11 era atracar com sucesso na estação espacial Salyut 1. Salyut 1 era uma nova construção lançada na órbita baixa da Terra. A Soyuz 11 acompanhou o fracasso da Soyuz 10, que havia lançado e retornado à Terra sem ter se acoplado à estação espacial. A espaçonave Soyuz 7K-OKS foi especialmente projetada para ser capaz de acoplar à estação Salyut em uma tentativa de avançar o programa da estação espacial da URSS.

A Soyuz 11 foi lançada em 6 de junho de 1971 e conectada com sucesso à Salyut 1 em 7 de junho. Os anéis aguentaram, a estação espacial foi pressurizada e os três cosmonautas entraram na Salyut 1 preparados para uma estadia prolongada.

Georgy Dobrovolsky, Vladislav Volkov e Viktor Patsayev permaneceram a bordo da Salyut 1 por 22 dias. Foi um sucesso impressionante do programa espacial soviético e validou seus caros programas focados em colocar homens em estações orbitais. Na época, esses três homens estavam quebrando vários recordes espaciais de resistência. Eles fizeram várias transmissões de televisão para a Terra e gravaram muitos dados valiosos sobre a própria estação e a vida no espaço por longos períodos de tempo.

Após três semanas, era hora de os homens retornarem à Terra, triunfantes, com seus dados e suas descobertas. Mas não foi assim que aconteceu.

O acidente

A Soyuz 11 se desacoplou com sucesso da Salyut 1 e começou a se preparar para reentrar na atmosfera da Terra. Eles começaram seu retrofire, e a cápsula estava se posicionando para fazer uma reentrada segura e precisa. Então o desastre aconteceu.

Doze minutos e três segundos após o início da sequência de reentrada, houve um mau funcionamento com um conjunto de pinos explosivos usados ​​para separar o módulo de descida do módulo de serviço. Em vez de dispararem sequencialmente, conforme projetado, os pinos disparam simultaneamente. A força adicional dos pinos acendendo ao mesmo tempo derrubou uma vedação essencial que mantinha a pressão dentro da cabine da nave.

Depois que o selo se soltou, ele abriu uma válvula que começou a liberar pressão para o espaço. A tripulação foi morta em segundos.

Descobriu-se que a válvula abriu a 170 quilômetros acima da Terra.

O acidente ocorreu doze minutos, três segundos após o disparo dos foguetes de desaceleração, e a quinze minutos e trinta e cinco segundos, a pressão da cabine havia chegado a zero. Naqueles três minutos, todos os três tripulantes morreram. Felizmente, a autópsia revelou que eles provavelmente morreram rapidamente, se não instantaneamente. Sem pressão dentro da nave, a tripulação não teve chance de sobreviver.

Embora a perda de pressão tenha ocorrido rapidamente, não foi explosiva. É por isso que não houve danos à cápsula e como os membros do programa espacial em terra não perceberam que algo estava errado até que a cápsula retornou à Terra.

Em terra, os engenheiros soviéticos tentaram fechar a válvula manualmente. Eles acreditavam que se a tripulação tivesse identificado a origem do problema com rapidez suficiente, eles poderiam, talvez, ter feito um movimento que teria salvado suas vidas. Mas os homens em terra descobriram que demorou mais de um minuto para fechar a válvula manualmente. Isso foi muito longo para resultar em algo além de um acidente fatal em qualquer situação semelhante.
Legado

Hoje, os três tripulantes da Soyuz 11, Georgy Dobrovolsky, Vladislav Volkov e Viktor Patsayev, continuam sendo as únicas pessoas a morrerem no espaço. Na verdade, eles são as únicas pessoas que morreram em um lugar diferente da própria Terra.

Após o fracasso da Soyuz 10 e o resultado devastador da Soyuz 11, o programa foi cancelado. Esses foram os únicos dois voos tripulados do programa Soyuz a serem tentados.

Houve inúmeros acidentes, alguns fatais, em torno dos programas espaciais da humanidade, mas todas as outras mortes ocorreram no solo ou na atmosfera. Este foi o único que aconteceu no espaço, muito acima da Terra.

(Fonte)


Obviamente, podem ter morrido muitas mais pessoas no espaço e, devido ao “grande segredo” dos programas espaciais, especialmente exercido por nações totalitárias, mas não limitado a elas, não há registros públicos disso.

Programas espaciais secretos também podem ter ceifado vidas humanas até mesmo no espaço profundo, longe da órbita terrestre. Mas, por enquanto, tudo não passa daquilo que os que estão no poder gostam de chamar de “teoria da conspiração”.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol