web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Novo tipo de humano antigo é descoberto em Israel

Tempo de leitura: 3 min.

Chamado de ‘Nesher Ramla Homo‘, esta espécie humana até então desconhecida andou pela Terra 120.000 anos atrás.
Um grupo internacional de arqueólogos descobriu uma peça que faltava na história da evolução humana.

Novo tipo de humano antigo é descoberto em Israel
Crédito da imagem: Avi Levin e Ilan Theiler, Sackler/Universidade de Tel Aviv

Escavações no local israelense de Nesher Ramla recuperaram um crânio que pode representar um exemplo de sobrevivência de uma população Homo distinta, que viveu dentro e ao redor do Israel moderno de cerca de 420.000 a 120.000 anos atrás.

Como os pesquisadores Israel Hershkovitz, Yossi Zaidner e colegas detalham em dois estudos companheiros publicados no Science, esta comunidade humana arcaica trocou sua cultura e genes com grupos de Homo sapiens próximos por muitos milhares de anos.

Os novos fósseis

Pedaços de um crânio, incluindo um parietal direito (na parte posterior/lateral do crânio) e uma mandíbula quase completa (mandíbula) foram datados em 140.000-120.000 anos de idade, com análises descobrindo que a pessoa a que pertencia não era totalmente H. sapiens.

Nem eram neandertal, entretanto, que era o único outro tipo humano que se pensava viver na região na época.

Em vez disso, esse indivíduo cai bem no meio: uma população única de Homo nunca antes reconhecida pela ciência.

Por meio de comparação detalhada com muitos outros fósseis de crânios humanos, os pesquisadores descobriram que o osso parietal apresentava traços “arcaicos” que são substancialmente diferentes do H. sapiens inicial e recente. Além disso, o osso é consideravelmente mais espesso do que aqueles encontrados em ambos os neandertais e a maioria dos primeiros H. sapiens.

A mandíbula também exibe características arcaicas, mas também inclui formas comumente vistas em neandertais.

Os ossos juntos revelam uma combinação única de características arcaicas e de Neandertal, distintas de H. sapiens inicial e Neandertal posterior.

Existem mais dessas pessoas?

Os autores sugerem que fósseis encontrados em outros locais israelenses, incluindo a famosa Senhora de Tabun, também podem fazer parte dessa nova população humana, em contraste com sua identificação anterior de Neandertal ou H. sapiens.

A ‘Senhora de Tabun’ (conhecida pelos arqueólogos como Tabun C1) foi descoberta em 1932 pelo arqueólogo pioneiro Yusra e sua diretora de campo, Dorothy Garrod.

Estudado extensivamente, esse importante espécime nos ensinou muito sobre a anatomia e o comportamento do Neandertal em uma época em que muito pouco se sabia sobre nossos enigmáticos primos evolucionários.

Se Tabun C1 e outros das cavernas Qesem e Zuttiyeh fossem de fato membros do grupo Nasher Ramel Homo, essa reanálise explicaria algumas inconsistências em sua anatomia observadas anteriormente pelos pesquisadores.

O misterioso Nesher Ramla Homo pode até representar nosso ancestral comum mais recente com os neandertais. Sua mistura de características apóia a evidência genética de que o fluxo gênico inicial entre H. sapiens e neandertais ocorreu entre 400.000 e 200.000 anos atrás. Em outras palavras, esse cruzamento entre as diferentes populações de Homo era mais comum do que se pensava anteriormente.

Ainda mais intrigante, a equipe também encontrou uma coleção de cerca de 6.000 ferramentas de pedra no local de Nesher Ramla.

Essas ferramentas foram feitas da mesma forma que grupos contemporâneos de H. sapiens fizeram sua tecnologia, com a semelhança tão forte que parece que as duas populações – Nesher Ramla Homo e H. sapiens – estavam jusntos regularmente. Parece que eles não estavam apenas trocando genes, mas também dicas sobre fabricação de ferramentas.

E houve fogo!

O local também produziu ossos de animais capturados, abatidos e comidos no local. Essas descobertas indicam que Nesher Ramla Homo caçou uma variedade de espécies, incluindo tartaruga, gazela, auroque, javali e avestruz.

Além disso, eles estavam usando o fogo para cozinhar suas refeições, evidente através da descoberta de uma fogueira com a mesma idade dos fósseis. De fato, os Nesher Ramla Homos não estavam apenas coletando lenha para fazer fogueiras e cozinhar, mas também controlando ativamente suas fogueiras como as pessoas fazem hoje.

Embora as primeiras indicações de uso controlado de fogo sejam muito mais antigas – talvez um milhão de anos atrás – o interessante sobre essa fogueira em particular é a evidência de que o povo Nesher Ramla cuidava dela com tanto cuidado quanto os H. sapiens e neandertais contemporâneos faziam suas próprias fogueiras.

O mais impressionante é que a característica da fogueira sobreviveu, intacta, fora de um ambiente de caverna protegida por tanto tempo. Agora é a fogueira intacta mais antiga já encontrada ao ar livre.

Em suma, se pensarmos na história da evolução humana como uma estante de livros da Ikea que não está se encaixando totalmente, essa descoberta é efetivamente como encontrar a prateleira perdida enterrada no fundo da caixa. O novo Nesher Ramla Homo permite uma estrutura mais adequada, embora algumas peças ‘extras’ misteriosas ainda devam ser ponderadas.

Por exemplo, exatamente como os diferentes grupos Homo interageiram uns com os outros? E o que isso significa para as mudanças culturais e biológicas que estavam ocorrendo para as populações Homo neste período?

Continuar a trabalhar com essas questões (as ‘peças extras’) nos ajudará a construir uma melhor compreensão de nosso passado humano.

(Fonte)


n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é produtos-OVNI-Hoje-1.jpg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Loja-Nerd.jpg

Leitores OVNI Hoje ganham 10% de desconto em todos os produtos da Loja Nerd, inclusive nos produtos OVNI Hoje. (Use o cupom OVH10)


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp