web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Em breve veremos a luz emitida por uma civilização alienígena

Tempo de leitura: 3 min.

Em breve os astrônomos serão capazes de registrar a luz emitida por uma civilização inteligente no exoplaneta mais próximo da Terra perto da estrela Proxima Centauri. Isso pode ser feito pelo mais poderoso Telescópio Espacial James Webb (JWST), que pretende entrar em órbita em outubro deste ano.

Em breve veremos a luz emitida por uma civilização alienígena
Novo telescópio espacial James Webb da NASA: Chris Gunn/NASA

Essa conclusão aparentemente incrível foi alcançada por um astrofísico do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, Avi Loeb, um famoso cosmologista. Nos últimos anos, seu nome começou a aparecer com frequência na mídia, à medida que focava suas pesquisas no tema das civilizações extraterrestres, sua busca e métodos de contato com elas, às vezes oferecendo ideias e hipóteses semi-fantásticas.

Assim, por vários meses, a mídia mundial tem citado sua afirmação de que o objeto interestelar ‘Oumuamua, que voou pelo nosso sistema solar em 2017, é uma espaçonave alienígena.

Por vários anos, o cientista esteve envolvido no projeto Breakthrough Starshot, cujo objetivo é lançar um nanosatélite ao sistema estelar mais próximo, Alpha Centauri. Em artigo recente publicado no Electronic Preprint Archive, em coautoria com a colega Eliza Tabor, Loeb chamou a atenção para o planeta Proxima Centauri b, considerado por muitos o principal alvo da busca por vida entre as estrelas próximas.

Em seu artigo, os cientistas calcularam se é possível ver a luz artificial emitida por uma civilização inteligente da Terra se ela viver neste planeta.

A estrela mais próxima de nós, a anã vermelha Proxima Centauri, está a 4,25 anos-luz da Terra. Hoje se sabe que ela tem pelo menos dois planetas – um é rochoso, ligeiramente maior que a Terra, o segundo é um gigante gasoso. O planeta Proxima Centauri b foi descoberto no início de agosto de 2016. Ele está localizado a uma distância de 7 milhões de km da estrela e, devido à sua baixa luminosidade, recebe calor suficiente para a existência de água em sua superfície.

Os cientistas têm certeza de que, devido à sua proximidade com sua estrela, o planeta está constantemente voltado para ela com um lado, enquanto no oposto – noite eterna.

“Isso reforça a necessidade de iluminação artificial no lado noturno”, disseram os cientistas.

Do lado diurno, devido ao poderoso fluxo de radiação, é improvável a existência de uma civilização inteligente, mas do lado noturno é bastante provável, acreditam os autores do artigo.

Levando em consideração a distância da Terra a Proxima Centauri b, a sensibilidade dos instrumentos do telescópio JWST, os astrônomos mostraram que, em princípio, o novo telescópio é capaz de detectar a luz artificial emitida pela civilização no lado escuro do planeta.

Os astrônomos disseram:

Proxima b está sob controle da maré e, se tiver um lado eternamente iluminado e escuro, a civilização pode iluminar a noite, usando espelhos colocados em órbita ou instalados em pontos estratégicos.

Neste caso, a luz que atinge o lado noturno deve ser extremamente poderosa e muito provável de ser capturada pelo JWST.”

Para efeito de comparação, os cientistas estimaram a sensibilidade do telescópio se o espectro da luz refletida fosse semelhante ao espectro das lâmpadas LED usadas na Terra para iluminar cidades.

Os autores calcularam:

“Descobrimos que o JWST seria capaz de capturar iluminação artificial para LEDs padrão 500 vezes mais potentes do que na Terra.”

Não é a primeira vez que Proxima Centauri atrai a atenção da mídia diante da possibilidade de detectar vida no planeta. Dezembro passado, a mídia estrangeira e russa esteve cheia de manchetes por vários dias sobre um certo sinal de rádio recebido por astrônomos do sistema Proxima Centauri: “Os caçadores de alienígenas captaram um sinal misterioso proveniente do sistema estelar mais próximo”, “Um sistema estelar alienígena dá à Terra um sinal de rádio misterioso”, etc.

(Fonte)


Um artigo sobre o possível sinal de Proxima Centauri também foi publicado aqui no OH:

outros artigos na mídia internacional (obrigado Adalberto Dorneles) alertando que aquela estrela produz ejeções de massa estelar que podem “erradicar” qualquer vida sobre a superfície do planeta Proxima b, que é um pouco maior do que a Terra. Mas, como o artigo acima menciona, se este planeta está sempre com a mesma face voltada para a estrela (assim como a Lua tem sempre a mesma face voltada para a Terra), há chances da vida ter prosperado no lado que não recebe essa radiação. Há também outro fator: realmente não sabemos se a vida pode se adaptar a essas condições extremas.

De qualquer forma, esse é somente um de bilhões e mais bilhões de planetas existentes somente em nossa galáxia, que dirá no Universo todo. As chaces de não haver vida lá fora é praticamente impossível.

Vamos ver o que o novo telescópio nos mostrará.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é produtos-OVNI-Hoje-1.jpg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Loja-Nerd.jpg

Leitores OVNI Hoje ganham 10% de desconto em todos os produtos da Loja Nerd, inclusive nos produtos OVNI Hoje. (Use o cupom OVH10)


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp