web analytics
Tempo de leitura: 4 min.

Quanta informação o governo dos EUA está retendo sobre os OVNIs?

Tempo de leitura: 4 min.

Por quase tanto tempo quanto existiu a ideia de objetos voadores não identificados, tem havido especulações sobre quanta informação governos como o dos Estados Unidos podem ter sobre eles, e se quantidades significativas dessas informações estão sendo ocultadas do público.

Quanta informação o governo dos EUA está retendo sobre os OVNIs?

Em junho de 2020, uma pesquisa YouGov perguntou se as pessoas pensavam que o governo dos Estados Unidos iria compartilhar informações que tinha sobre OVNIs com o público. De acordo com os que responderam, a maioria, 56%, disse sentir que o governo iria esconder essas informações do público, enquanto os que responderam que não iria, ou que simplesmente não sabiam, empataram com apenas 22%.

Uma pesquisa semelhante em 2019 recebeu uma resposta quase idêntica e, mais tarde naquele mesmo ano, uma pesquisa Gallup descobriu que quase dois terços dos americanos acreditam que o governo dos EUA sabe mais do que nos conta sobre misteriosos objetos aéreos.

O que isso diz sobre os americanos e suas crenças sobre os OVNIs? A maioria das pessoas desconfia de seu governo ou há uma base racional para a ideia de que o governo pode estar retendo informações sobre objetos voadores não identificados que vem coletando desde o final da Segunda Guerra Mundial?

A pesquisa Gallup em 2019 também observou que “parece que apenas cerca de metade do número que acha que o governo está escondendo algo sobre OVNIs acha que está encobrindo informações sobre pousos espaciais alienígenas, especificamente.” Em outras palavras, nem todo mundo que pensa que o governo sabe mais do que está dizendo sobre os OVNIs necessariamente chega à conclusão de que eles representam visitantes extraterrestres.

Gallup News concluiu, com base nesta observação, que “muito menos pessoas dão crédito aos avistamentos de OVNIs ou os testemunharam, pessoalmente, do que pensam que o governo sabe mais do que está dizendo.” No entanto, outra interpretação disso pode ser que, ao invés de não dar crédito aos avistamentos de OVNIs, eles podem simplesmente estar em dúvida sobre o que esses objetos representam e quais podem ser as origens de tal nave não identificada.

Muitos céticos argumentam que, além de serem poucas evidências da existência de OVNIs, há uma ausência igual de evidências convincentes de que o governo está escondendo quantidades significativas de informações que possui sobre eles.

Claro, se alguém tiver a visão de que não existem coisas como OVNIs, é fácil concluir que o governo não teria nada a esconder.

No entanto, existem alguns problemas com essa linha de raciocínio. Uma questão aqui envolve a pressuposição frequentemente afirmada de que se os OVNIs parecem incríveis demais para serem acreditados, então eles não devem existir. Este tipo de conclusão procuraria explicar todos os OVNIs como simples identificação incorreta de coisas mais prosaicas; mas e se alguns OVNIs realmente representarem naves reais e tangíveis, talvez de origem terrestre?

Uma visão mais moderada sobre os OVNIs pode sugerir que, embora eles pareçam existir, há pouca evidência que os ligue conclusivamente a qualquer tipo de presença extraterrestre. Se isso fosse verdade, então poderíamos supor que uma série de aeronaves exóticas observadas ao longo dos anos poderiam ser nossas, caso em que as razões do governo para reter informações sobre elas pareceriam justificadas.

Em outras palavras, se o governo está retendo informações sobre “OVNIs”, e a maioria dos americanos acredita que isso seja verdade, mas eles também reservam algum ceticismo sobre a noção de que evidências de alienígenas estão sendo encobertas, isso não significa necessariamente que “menos pessoas dão crédito aos avistamentos de OVNIs”, como Gallup concluiu em 2019.

Independentemente do que os OVNIs possam representar ou de suas origens, no que se refere às respostas reais do governo às solicitações de informações sobre OVNIs ao longo dos anos, houve alguns exemplos que parecem indicar que ele sabe mais do que diz. Na verdade, as agências governamentais até lutaram para manter essas informações longe dos olhos do público pelo menos algumas vezes.

Na década de 1970, o Citizens Against UFO Secrecy (CAUS, sigla em inglês para “Cidadãos Contra o Sigilo sobre OVNIs”), um grupo ativista que defende a liberação de informações confidenciais do governo sobre os OVNIs, foi formado após inúmeras tentativas de usar os pedidos da Lei de Liberdade de Informação para obter tais dados. Os esforços do grupo resultaram em ações judiciais movidas pelo advogado Peter Gersten contra agências que incluíam a CIA e, eventualmente, até mesmo a NSA (Agência Nacional de Segurança).

No processo do CAUS contra a NSA, o juiz federal Gerhart A. Gesell recebeu um depoimento ultrassecreto delineando as razões da NSA para reter informações solicitadas sobre OVNIs, o que resultou na conclusão de Gesell de que “o interesse público na divulgação é muito superado pelos sensíveis natureza dos materiais e o efeito óbvio sobre a segurança nacional que sua liberação possa acarretar”. Em outras palavras, a curiosidade pública sobre os OVNIs não foi considerada o suficiente naquela época para justificar a liberação de dados da NSA que teriam um “efeito óbvio na segurança nacional”. Qualquer que seja a informação sobre OVNIs da NSA, isso permaneceu em segredo.

Anos mais tarde, as versões do depoimento ultrassecreto acabaram sendo liberadas, com apenas um quarto do documento permanecendo redigido, embora isso ainda tenha conseguido obscurecer informações suficientes para que quaisquer detalhes sobre os OVNIs não pudessem ser recuperados. O ponto mais fundamental, é claro, é que em resposta às solicitações – e até mesmo a uma ação judicial – buscando informações da NSA sobre a inteligência OVNI que ela possui, um juiz federal concluiu que a informação era muito sensível para ser divulgada naquele momento.

É de se perguntar se isso terá mudado alguma coisa nas últimas décadas, já que o público agora aguarda um relatório da Força-Tarefa OVNI da Marinha que está programado para ser fornecido ao Comitê de Inteligência do Senado em junho deste ano. Se chegará a tempo e quais informações poderá fornecer, resta saber. Se os esforços anteriores para obter tais informações de agências de inteligência forem uma indicação, talvez não devêssemos estar prendendo a respiração.

Independentemente disso, aqueles americanos (e todos os cidadão do mundo) que acreditam que o governo dos EUA está retendo informações sobre OVNIs não são apenas justificados em sua crença; eles estão, de fato, corretos. Situações como as ações judiciais do CAUS nas últimas décadas, bem como os esforços atuais da Força-Tarefa UAP/OVNI (sem falar nas declarações recentes de legisladores e ex-membros da comunidade de inteligência) mostram claramente que o governo dos Estados Unidos possui dados sobre OVNIs que, atualmente , ainda não foram totalmente divulgados ao público.

Este é um ponto que permanece verdadeiro, não importa o que se decida concluir sobre a natureza e as possíveis origens desses misteriosos objetos aéreos.

(Fonte)


Micah Hanks, autor do artigo acima, disse tudo. Mas, indubitavelmente, não só os EUA mas também todos os outros governos do mundo, estão “abertamente escondendo” dados sobre o fenômeno OVNI, e as razões podem ser muitas. Mas isto fica para sua imaginação levantar.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol