web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Asteroide “Deus do Caos” vai passar “próximo” da Terra no sábado

Tempo de leitura: 2 min.
Asteroide "Deus do Caos" vai passar "próximo" da Terra no sábado
Imagem meramente ilustrativa.

Um asteroide colossal chamado “Deus do Caos” passará pela Terra no sábado e será observado por astronomos no mundo inteiro.

O Apophis, que tem 350 metros de largura e é “potencialmente perigoso”, irá passar a 16.852.370 de quilômetros do planeta.

Isso é cerca de 43 vezes a distância da Terra à Lua, relata o Mirror.

Felizmente, não há chance de um impacto desastroso com nosso planeta, mas o asteroide será visível aos telescópios e dentro do alcance do radar do planeta.

O Apophis foi descoberto pela primeira vez em 2004 e foi classificado como um “Asteróide Potencialmente Perigoso” pelo Minor Planet Center da IAU.

O asteróide Apophis foi descoberto pela primeira vez em 19 de junho de 2004 (Imagem: NASA / UH / IA)

Ele deve passar novamente pela Terra em abril de 2029, quando estará significativamente mais perto de nós.

A NASA disse sobre esse sobrevôo:

“Esta será a passagem mais próxima de algo tão grande conhecido atualmente. O Apophis ficará visível a olho nu por várias horas, e as marés da Terra provavelmente mudarão seu estado de rotação.”

O Projeto Telescópio Virtual Europeu vai hospedar um feed online ao vivo para permitir que as pessoas vejam o sobrevoo enquanto ele acontece.

O sobrevoo desta semana não será o último de 2021.

Espera-se que o asteroide 2014 QJ33 passe com segurança pela Terra a uma distância de 6,67 unidades lunares – 2.563.394 de quilômetros de distância da Terra em setembro.

Essa rocha estará viajando a uma velocidade de 8,66 quilômetros por segundo ou 31.000 quilômetros por hora.

A NASA está rastreando atualmente cerca de 2.000 asteroides, cometas e outros objetos que podem voar perto da Terra.

A Terra não viu um asteroide de escala apocalíptica desde a rocha espacial que exterminou os dinossauros há 66 milhões de anos.

A maioria dos asteroides não entra em contato com a atmosfera da Terra, mas em raras ocasiões as rochas espaciais gigantes podem impactar nossos sistemas meteorológicos.

(Fonte)


Embora essas distâncias pareçam gigantescas, em termos astronômicos é “ali na esquina”, consideradas pelos astrônomos como muito próximas.

Mas não custa relembrar que o Apophis mostrou um comportamento um pouco errático recentemente:

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol