Revisitando Hy-Brasil: A misteriosa ilha com uma civilização avançada

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 4 min.

O artigo abaixo já foi publicado aqui no OH em 2017, mas como foi relembrado a mim pelo leitor Henrique C.O e, coincidentemente, um amigo e ex-patrão meu nos EUA também mencionou tal ilha durante nossa última conversa, republico aqui para começar nosso ano com um pouco (mais) de mistério:

Hy-Brasil: A misteriosa ilha que abrigava uma civilização avançada

Conhecida por abrigar um culto poderoso e enigmático, a misteriosa ilha de Hy-Brasil tem intrigado aventureiros e historiadores por séculos e, recentemente, até mesmo cativado a atenção dos pesquisadores de OVNIs.

A misteriosa ilha se tornou conhecida aos marinheiros europeus que atravessavam os mares centenas de anos atrás. Ela era chamada Hy-Brasil, um local onde diziam ter sido a residência de uma raça avançada de humanoides com poderes de outro mundo. A ilha aparece em vários mapas desde o ano de 1325, até os anos 1800, e estaria localizada por volta de 320 km ao oeste da costa da Irlanda.

Alguns marinheiros decidiram encontrar a ilha, mas aparentemente ela só se mostrava aleatoriamente, e suas exatas coordenadas variavam a maior parte do tempo, embora tenha sido reportada na mesma área do Atlântico Norte. No folclore irlandês, Hy-Brasil seria encoberta em espessa neblina, exceto por um único dia a cada sete anos, quando era visível, mas ainda inalcançável.

Seu nome é derivado da palavra ‘Breasal‘, a qual é traduzida como “Rei Alto do Mundo” no dialeto celta.  O primeiro cartógrafo a marcá-la no mapa em 1325 foi o genovês Angelino Dulcert. Ele usou o termo ‘Bracile‘, porém, mais além, em 1375, o Atlas Catalão se referiu à ilha como “Illa de Brasil“, e a ilustrou como duas ilhas distintas.

Ela continuou a espalhar seu mistério quando, em 1436, apareceu no mapa veneziano do cartógrafo Andrea Bianco, como “Sola De Brasil”. A ilha esteve novamente presente em 1595, no Mapa Ortelius da Europa, e no Mapa Europa Mercator, e também em diferentes mapas nos anos seguintes, embora em localizações levemente diferentes.

Intrigados pelo que poderiam encontrar ao chegarem em Hy-Brasil, os marinheiros iam em massa até as supostas localizações. Registros falam de John Jay Jr., que partiu de Bristol, na Inglaterra, em 1480, e despendeu duas semanas no mar antes de retornar com suas esperanças destruídas. Em 1481, foi o retorno de Trinity e George, zarpando com dois navios do mesmo local na Inglaterra, somente para retornarem com mãos vazias como seu predecessor.

Hy-Brasil
Um dos mapas ilustrando a renomada ilha.

Porém, nem todos os viajantes de Bristol eram azarentos, pois um dos registros lembra do diplomata espanhol Pedro de Ayala, que disse aos Monarcas Católicos da Espanha sobre John Cabot (o primeiro europeu a visitar a América do Norte desde os Vikings) e sua tentativa de sucesso para encontrar a notória ilha.

Outro marinheiro de sorte foi o capitão escocês do mar, John Nisbet, que encontrou a ilha Hy-Brasil por acaso enquanto viajava da França para a Irlanda no ano de 1674. Ao ver a ilustre ilha, ele disse ter enviado quatro homens para sua costa. Supostamente, os marinheiros ficaram um dia todo na ilha.

De acordo com a lenda do capitão, a tripulação encontrou um ancião que os ofereceu ouro e prata. A ‘cerejinha no topo do bolo’ que encantou os marinheiros foram grandes coelhos negros e o misterioso mágico que lá encontraram. Eles residiam numa enorme fortificação feita de pedra.

Embora a história seja difícil de digerir, mesmo por pessoas que viviam naquela época, houve uma segunda expedição liderada por Alexander Johnson, que demorou o mesmo tempo e confirmou os testemunhos de Nisbet.

Hy-Brasil: A misteriosa ilha que abrigava uma civilização avançada

Depois, nada é mencionado sobre a bizarra ilha até 1872, quando Robert O’Flaherty e T. J. Westropp alegaram ter colocado pés na ilha. Na verdade, Westropp mencionou a respeito de ter visitado Hy-Brasil em três ocasiões. Para que as pessoas acreditassem suas alegações, ele levou uma família inteira lá para testemunhar a misteriosa ilha com seus próprios olhos.

Hy-Brasil aparece em numeroso mitos, e em vários mapas, assim é provável que pelo menos haja um grão de verdade no fundo deste estória. Alguns dizem que a ilha é o lar de deuses irlandeses, outros acreditam que ela seja habitada por uma civilização avançada.

Embora nenhum registro moderno mencione Hy-Brasil, e a ilha tampouco aparece nos mapas, há um evento na história recente que faz uma referência direta à ela.

No que é conhecido como o “incidente Roswell britânico“, um oficial militar recebeu as coordenada de Hy-Brasil de forma muito peculiar. Após uma bizarra nave ter sido avistada fora da base militar estadunidense na floresta de Rendlesham, no Reino Unido, próxima de uma instalação nuclear, o Sargento Jim Pennistone saiu para investigar e realmente descobriu um disco voador. Ao tocá-lo, uma mensagem telepática consistindo de 16 páginas de código binário foi impressa em sua mente.

Hy-Brasil
Coodenadas retiradas do código binário de Penniston

Após Penniston ter traduzido o código nos anos que se seguiram, ele descobriu várias coordenadas que enviavam a locais icônicos, tais como a Pirâmide de Gizé e as Linhas de Nazca. O que é mais peculiar, foi que o topo e o fundo da transcrição começavam com as coordenadas de Hy-Brasil, ou pelo menos o local comumente referido pelos marinheiros através dos anos. Uma base inexplicada de 12 meses de 8.100 costumava ser uma parte adicional da mensagem decodificada.

Há vários mapas revelando a misteriosa Hy-Brasil, mas já que nenhuma evidência recente de sua existência foi encontrada, os historiadores de tendência predominante se referem ao caso como sendo de identidade ou localização erradas.

Outros cartógrafos entusiastas insinuam que a Hy-Brasil poderia ter sido a ilha assim chamada de Banco Porco-Espinho, descoberta em 1862, que somente era notada quando as marés estavam extremamente baixas. Alguns historiadores falam a respeito da última Idade do Gelo, quando o nível do mar mundialmente estava mais baixo. Neste caso, é possível que a Hy-Brasil tenha sido uma lembrança de um lugar mítico real que sobreviveu ao teste do tempo através daqueles que vividamente eram lembrados dela, uma geração após a outra.

Seja qual for o caso, o quebra-cabeças desta ilha fábula irá intrigar ainda mais aqueles que procuram conhecer mais sobre nosso passado, porque ela poderia ser uma lembrança de uma versão alternativa da história do mundo em que vivemos.

(Fonte)


O que me intriga sobre essa lenda, além de tudo que já vem com ela, é o fato do Sargento Jim Pennistone alegar ter recebido tais coordenadas após ter supostamente tocado o OVNI de Rendlesham. Estaria ele confundindo as coisas, chocado pelo seu avistamento e assim fazendo reviver em sua memória algo que ele já tinha conhecimento antes do incidente de Rendlesham, ou teria ele recebido mesmo tal mensagem telepaticamente?

Se você perguntar à maioria das pessoas, elas dirão que tudo não passou de um devaneio mental por parte de Pennistone. Mas podemos afirmar isso de forma categórica?

Bem, sem provas concretas nem para um lado, nem para o outro, tudo que podemos fazer é imaginar.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.