Um livro secreto antigo: tudo acontece de acordo com o que foi escrito

Tempo de leitura: 2 min.
Um livro secreto antigo: tudo acontece de acordo com o que foi escrito

Este livro misterioso foi mencionado pela primeira vez pelo filósofo grego Apolônio de Tiana no século I D.C. Em seus escritos, é mencionado que enquanto viajava pela Índia, em um dos templos, ele teve que se familiarizar com o livro único “estrofes de Jiang”. Isto mudou a visão de mundo do filósofo depois de lê-lo e ele teria ganhado conhecimento e habilidades esotéricas, compreendeu os processos secretos de tudo que acontece na Terra.

Porém, o filósofo morreu logo após retornar à sua terra natal em circunstâncias misteriosas, não tendo tempo para compartilhar seus conhecimentos. Acredita-se que esse destino se abate sobre todos os que lêem este livro. Pois o conhecimento estabelecido nele não deve ser conhecido por pessoas não iniciadas.

Mas o livro aparece periodicamente na história. Acredita-se que várias de suas cópias vagueiam pelos templos da Índia, enquanto o original é mantido no Tibete, nas mãos de uma sociedade secreta.

Sobre o que é esse livro? Por que os poderosos do mundo estão caçando por ele?

O livro descreve a tecnologia para levar a civilização humana à autodestruição. E como, pelo menos uma vez, a humanidade já teria se destruído de acordo com esse esquema. E agora está novamente se movendo nessa direção aos trancos e barrancos.

Duas forças lutam pelo livro: algumas querem colocar o mecanismo em ação com todas as suas forças, enquanto outras, ao contrário, querem retardar o processo de destruição. O livro caiu nas mãos de ambas as partes no tempo devido.

Helena Blavatsky desempenhou um papel significativo no fato de que, em geral, o conteúdo do livro vazou dos brâmanes indianos, que por muito tempo foram monopolistas do conhecimento secreto das estrofes de Jiang. Mas ela era apenas um peão em um grande jogo.

Um certo Kut Humi Lan Sing fez dela uma discípula de mahatmas, possuidores de conhecimento secreto. Blavatsky finalmente conseguiu ganhar a confiança deles e eles confiaram a ela o livro, dando-lhe uma cópia para estudo. Blavatsky supostamente o levou para Londres, onde traduziu o livro para o inglês. Mas o livro foi roubado do cofre onde ela o guardava. E ainda, há uma opinião de que a cópia roubada foi levada para a Rússia e uma vez caiu nas mãos de Stalin.

Ele, guiado pelo que estava escrito, poderia neutralizar as forças que acionam o mecanismo de destruição da humanidade. Ele conhecia sua estratégia e antecipou suas ações.

Helena Blavatsky, percebendo que era apenas uma mensageira ou tradutora, ainda se beneficiou, refletindo as ideias do livro em sua “Doutrina Secreta”.

Qual é a ideia por trás do livro? Pessoas que afirmam ter tido acesso a ela dizem que a humanidade é levada a trazer os valores materiais à tona para todos. Para educar uma geração de materialistas sem alma. Destruir a natureza. Mudar o genoma humano. Construir biorobots. A vida no planeta será reduzida a várias cidades-torre de elite que serão servidas por biorobots.

Como você entende, esta é apenas uma teoria baseada em alguns fatos, cuja verdade é 100% impossível de ter certeza. Mas você pode pensar e tirar suas próprias conclusões.

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.