Dados da NASA mostram antigas mega-enchentes em Marte

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: < 1 min.
Dados da NASA mostram antigas mega-enchentes em Marte
Cratera em Marte. Crédito: NASA

Há bilhões de anos, Marte pode ter sido inundado sob poderosas e gigantescas mega-enchentes.

Nos últimos anos, os cientistas descobriram evidências de uma quantidade considerável de água na superfície de Marte. Mas isso é apenas a ponta do iceberg: uma pesquisa publicada este mês na revista Nature Scientific Reports sugere que “mega-enchentes” gigantescas podem ter esculpido as características da superfície do Planeta Vermelho e até alterado seu clima, mudando enormemente nossa compreensão do passado de Marte.

Proporções Bíblicas

Os cientistas da Universidade Cornell e do Instituto de Tecnologia da Califórnia por trás da pesquisa suspeitam que as enchentes começaram quando um meteoro atingiu Marte há cerca de 4 bilhões de anos.

O impacto teria gerado calor suficiente para derreter os reservatórios de gelo de Marte, liberando vapor d’água na atmosfera e criando nuvens de tempestade que cobrem o planeta, de acordo com um comunicado de imprensa da Cornell.

Varrido para longe

O resultado final – que os cientistas identificaram usando dados do jipe-sonda Curiosity da NASA – é que as inundações moldaram a superfície de Marte em ondulações de rocha e poeira de 9 metros de altura. A própria água se foi há muito tempo – mas os cientistas especulam que as enchentes significam que o planeta pode ter sido habitável na época.

O co-autor do estudo Alberto Fairén, astrobiólogo em visita a Cornell, mencionou na nota:

“No início, Marte era um planeta extremamente ativo do ponto de vista geológico. O planeta tinha as condições necessárias para suportar a presença de água líquida na superfície – e na Terra, onde há água, há vida.”

(Fonte)


Alguém aqui quer fazer uma aposta de que ainda há vida em Marte, nem que seja microbiana? Como muitos leitores do OVNI Hoje devem saber, até mesmo ex-cientistas da NASA dizem que a vida já foi encontrada por lá.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.