Nova leitura de sonar encontra de novo suposto Monstro de Lago Ness

Tempo de leitura: 4 min.

Como publicado aqui no OH em 6 de outubro passado, uma leitura de sonar recente mostrou algo no fundo do Lago Ness que foi considerado como sendo uma possível prova da existência do mítico monstro. Agora, aconteceu de novo:

Nova leitura de sonar encontra de novo suposto Monstro de Lago Ness
Imagem meramente e obviamente ilustrativa.

Outra imagem surpreendente de uma grande criatura habitando as profundezas do Loch Ness foi capturada por sonar.

A notícia segue as revelações no mês passado da evidência ‘mais convincente’ e surpreendente da existência de um Monstro do Lago Ness após uma gravação incomum a mais de 150 metros abaixo de sua superfície fria.

Mas agora vem a notícia de que outro contato com uma grande criatura logo acima do fundo do lago de 185 metros foi registrado em 11 de outubro.

Mais uma vez, isto deixou os especialistas surpresos.

Empolgado com a gravação, o especialista em sonar, Craig Wallace, disse que estava disposto a ir ao Lago Ness com equipamento de sonar sofisticado para tentar encontrar o que esta habitando as profundezas.

Wallace, especialista sênior em aplicações de robótica marinha da Kongsberg Maritime AS, pesquisou o Lago Ness meia dúzia de vezes.

Quatro anos atrás, usando um sonar inovador e equipamento de câmera, ele detectou e descobriu o modelo perdido de Nessie, que foi usado durante as filmagens de 1970, do filme “The Private Life of Sherlock Holmes” (Avida Íntima de Sherlock Holmes).

Nova leitura de sonar encontra de novo suposto Monstro de Lago Ness
Leitura do sonar feita por Ronald Mackenzie. Foto: Ronald Mackenzie/Cruise Loch Ness

Sobre as últimas imagens, ele disse:

‘Elas são muito curiosas. É claro que são contatos grandes, claros e distintos, todos estranhamente próximos ao leito do lago.

É muito conhecido que o Lago Ness foi sujeito a várias excursões com sonar para encontrar Nessie, mas a tecnologia usada – embora de ponta na época – foi projetada para operações de mapeamento de fundo.

Consequentemente, tentava rastrear o fundo do lago e não necessariamente encontrar alvos de coluna intermediária. A tecnologia moderna emprega novas técnicas em que toda a coluna d’água é mapeada com precisão e talvez no futuro iniciaremos um programa para capturar esses dados corretamente no Lago Ness.

Embora nunca pudéssemos descartar a existência de Nessie – já que nossa faixa ou cobertura em qualquer momento seria muito pequena – talvez os dados científicos extras justificassem a aventura.

Se algum grupo estiver disposto a patrocinar a tentativa, eu adoraria a oportunidade de participar com esses tipos de sonar.

É difícil dizer se é uma única criatura ou um grande cardume de peixes, o que por si só seria incomum para o Lago Ness. Você normalmente não encontra tal cardume naquele lago e tão fundo.

Essas imagens fascinantes são contatos genuínos e inexplicáveis ​​que merecem uma investigação mais aprofundada do lago por um sonar mais sofisticado.

Craig Wallace. Foto: Peter Jolly


As imagens mais recentes foram novamente capturadas por Cruise Loch Ness dirigido por Ronald Mackenzie e estavam a 1,6 quilômetros de distância de Invermoriston.

Seu contato anterior surpreendente em 30 de setembro também foi descrito como “100 por cento genuíno” pelo Sr. Wallace.

Os fabricantes de sonar disseram agora a Mackenzie que o contato é um objeto único e animado, estimado em entre 5 e 6 metros de comprimento. Inicialmente, o Sr. Mackenzie achou que tinha 10 metros de comprimento. A imagem foi capturada pairando 19 metros acima do fundo do lago.

O Sr. Mackenzie (49), que trabalha no lago há mais de 30 anos, disse:

Este segundo contato estava uma milha (1,6 km) a sudoeste do primeiro.

Eu posso receber o Sr. Wallace trazendo seu equipamento e nós o levaremos para tentar descobrir o que está acontecendo. Eu não faço ideia.

Eu só me pergunto se é devido ao bloqueio (pandemia). Não há nada se movendo (barcos) na superfície daquele lago e eu me pergunto se isso o encorajou a se mover. Eu simplesmente não sei. Eu não posso explicar isso. Eu estava relutante em tornar isso público.

Enviei as primeiras imagens para o fabricante do sonar que me disse que o contato tinha 15-20 pés de comprimento e era uma única criatura. É muito grande para ser um salmão e está nessa profundidade. Não tem como ser um salmão muito grande.

Pode ser algo que entrou no lago. Passei mais tempo no Lago Ness do que qualquer pessoa que conheço e não posso explicar por que de repente estamos recebendo esses contatos de sonar. É simplesmente incrível. Sinceramente, acho que é algum tipo de peixe grande, conhecido ou desconhecido pelo lago.

Estive nessa área por décadas, dezenas de milhares de vezes. Agora temos dois contatos semelhantes e no meio do lago. O mais recente parece o mesmo. Não tenho ideia do que seja.

O especialista em Nessie, Steve Feltham, que estabeleceu um recorde mundial para a mais longa vigília à procura do Monstro de Loch Ness, diz que as imagens do sonar de Mackenzie são a evidência “mais convincente” da existência da lendária criatura.

Ele disse:

Essas imagens mais recentes ajudam a montar o caso mais convincente de uma grande criatura nadando em torno do Lago Ness. Todos os contatos estão próximos ao fundo ou nos primeiros 30 metros para cima. É uma virada de jogo – a primeira visão indiscutível de algo muito grande e inexplicável que está lá.

Não é explicável por nenhum fenômeno conhecido no Lago Ness. É por isso que me sentei e esperei aqui todos esses anos. Tivemos tantos avistamentos de lixo ao longo dos anos – de esteiras de barco ou toras. Mas isso está em uma liga diferente.

Não gosto da ideia de que possa ser um esturjão, mas pode ser um bagre de Wels. É possível. Eu acho que há muito poucos deles, no entanto. Se houvesse uma pequena população, poderíamos estar procurando a última que restou. Não sabemos quanto tempo eles vivem – pelo menos sabemos que existe este e seria bom encontrá-lo antes que seja tarde demais, porque parece habitar o fundo e raramente vem à superfície.

(Fonte)


Pode não ser a criatura que tantos alegam existir, mas que há algo grande nadando próximo do fundo daquele lago agora é fato quase indiscutível.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.