Enorme “estrutura” aparece em Encélado, a maior lua de Saturno

Tempo de leitura: 2 min.
Enorme "estrutura" aparece em Encélado, a maior lua de Saturno
À esquerda, foto da NASA mostrando sombra de possível estrutura. À direita, o que um pesquisador imagina ser.

Encélado é um dos lugares mais promissores do Sistema Solar para encontrar vida extraterrestre.

Primeiro, porque sob uma crosta de gelo que envolve aquele mundo inteiro, existe um oceano global de água líquida. E em segundo lugar, porque há indícios da presença de atividade hidrotérmica e de pequenas moléculas orgânicas.

Na verdade, em Encélado só resta detectar o enxofre e o fósforo para que haja todos os ingredientes necessários para o surgimento da vida como a conhecemos.

Um estudo publicado no início deste ano na Nature detectou um novo vestígio de que Enceladus é um lugar aparentemente ideal para o desenvolvimento de vida extraterrestre.

Cientistas do “Southwest Research Institute” e da Universidade de Heidelberg detectaram a presença de grandes moléculas orgânicas nessa lua.

As evidências sugerem que existe uma enorme variedade de moléculas baseadas em carbono no oceano da pequena lua.

Atualmente, existem vários candidatos prioritários para a busca de vida fora da Terra. Estes são Marte, Europa (uma lua de Júpiter) e Titã (outra das luas de Saturno).

Mas apenas Encélado possui, além da água líquida e das moléculas orgânicas, um ciclo biogeoquímico capaz de fornecer uma fonte de energia aos seres vivos.

Uma estrutura gigante capturada pela NASA?

Estaria esta sombra sendo projetada por estruturas sólidas, ou seria somente a sombra de colunas de vapor? (Crédito: NASA)

Em 2005, a espaçonave Cassini iniciou vários voos perto de Encélado, revelando sua superfície e arredores com mais detalhes.

Em particular, a Cassini descobriu colunas de vapor ricas em água emergindo da região do Pólo Sul e com uma composição semelhante à dos cometas.

Das fotos enviadas à Terra pela sonda, uma parece mostrar uma “estrutura maciça” lançando sua sombra sobre colunas de vapor d’água.

Mas de acordo com cientistas da NASA, eles dizem que suas pesquisas recentes sugerem que grande parte da atividade eruptiva na superfície da lua de Saturno pode ser na forma de erupções largas, semelhantes a cortinas, em vez de jatos discretos.

Alguns discordam dessa explicação, dizendo que pode ser a sombra projetada de uma base alienígena, por exemplo, já que parece muito uniforme para ser apenas gêiseres de água.

Eles também acreditam que essa estrutura foi o principal motivo da missão, a fim de reunir mais informações sobre aquela coisa estranha que não tinha explicação vista da Terra.

O que podemos ver nesta imagem? Colunas de água congelada ou há algo mais por trás disso? Deixe o seu comentário abaixo.

(Fonte)


Se depender da NASA…

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.