NASA considera missão a Vênus após a recente descoberta de possível vida

Tempo de leitura: 2 min.
NASA considera missão a Vênus após a recente descoberta de vida possível
A concepção de um artista mostra a sonda DAVINCI+ descendo pela atmosfera de Vênus na ponta de um paraquedas. (Foto NASA / GSFC)

WASHINGTON (Reuters) – A NASA está considerando aprovar até abril do próximo ano até duas missões científicas planetárias de quatro propostas em análise, incluindo uma a Vênus que os cientistas envolvidos no projeto disseram que podem ajudar a determinar se aquele planeta abriga vida ou não.

Uma equipe internacional de pesquisa na semana passada descreveu evidências de micróbios em potencial residindo nas nuvens venusianas altamente ácidas: traços de fosfina, um gás que na Terra é produzido por bactérias que habitam ambientes livres de oxigênio, Isto forneceu forte evidência potencial de vida fora da Terra.

Em fevereiro, a agência espacial dos EUA selecionou quatro missões propostas que agora estão sendo analisadas por um painel da NASA, duas das quais envolveriam sondas robóticas para Vênus. Uma delas, chamada DAVINCI+, enviaria uma sonda para a atmosfera venusiana.

David Grinspoon, astrobiólogo trabalhando sobre a proposta DAVINCI+, disse à Reuters:

Davinci é o mais lógico para escolher se você está motivado em parte por querer acompanhar isso – porque a maneira de acompanhar isso é ir até lá e ver o que está acontecendo na atmosfera.

As três outras propostas incluem: IVO, uma missão para a Lua Io de Júpiter, a qual é vulcanicamente ativa; Trident, uma viagem aérea para mapear a lua gelada de Netuno, Tritão; e VERITAS, a segunda das missões propostas a Vênus que, em vez disso, se concentraria na compreensão da história geológica do planeta. A NASA disse que pode escolher uma ou duas das missões.

A busca por vida em outras partes do sistema solar até agora não se concentrou em Vênus. Na verdade, a NASA lançou em julho um jipe-sonda de próxima geração para procurar vestígios de possível vida passada em Marte.

À luz das descobertas anunciadas este mês, o administrador da NASA Jim Bridenstine disse que é “hora de priorizar Vênus”. Em um comunicado, Bridenstine disse que o processo de seleção para as novas missões em potencial será difícil, “mas sei que o processo será justo e imparcial”.

Grinspoon, um cientista sênior do Planetary Science Institute, disse que o processo de seleção deve ser sensível às recentes descobertas científicas.


Ele disse:

Se houvesse uma missão para Tritão como finalista, e então alguém com um telescópio observou, você sabe, um estádio de futebol em Tritão, então, sem dúvida, deveríamos enviar uma missão para lá.

(Fonte)


É óbvio que lógica determina que a missão para determinar se realmente há vida microbiana em Vênus deveria ser priorizada. Mas quando se trata da NASA, a política é que impera, e não a lógica.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.