Ministro da Defesa do Japão instruiu equipe sobre reações aos OVNIs

Tempo de leitura: < 1 min.
Ministro da Defesa do Japão instruiu equipe sobre reações aos OVNIs
Kano Taro.

O Ministro da Defesa do Japão instruiu seu ministério e pessoal da Força de Autodefesa sobre o que fazer no caso de encontrar objetos voadores não identificados, ou OVNIs.

Kono Taro deu as instruções na segunda-feira (14).

Ele pedem que relatórios sejam feitos se alguém avistar um objeto não identificável no ar que possa afetar a defesa e segurança do país.

As diretrizes também incentivam todos os esforços para tirar fotos ou vídeos do objeto para realizar as análises necessárias.

O Ministério da Defesa do Japão afirma que as instruções foram emitidas devido ao aumento do uso de drones e outros objetos que voam de forma diferente dos aviões convencionais.

No início deste ano, o Departamento de Defesa dos EUA divulgou vídeos mostrando o que afirma serem OVNIs e montou uma força-tarefa para investigá-los.

(Fonte)


Certamente, embora não tenhamos muitas notícias a respeito do fenômeno OVNI, deve mesmo haver uma grande incidência de fenômenos aéreos não identificados por lá, especialmente porque aquele país se encontra cercado pelo Oceano Pacífico, que parece ter sido o “parque de diversões” dos OVNIs Tic Tac nas duas últimas décadas.

Lembrando também que o Japão recentemente formaram uma aliança para estudarem os OVNIs:

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.