web analytics

Pentágono responde perguntas sobre a Força-Tarefa de estudo dos OVNIs

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

Roger Glassel da UFO-Aktuellt, contatou Susan Gough e Joseph Gradisher para clarificar algumas contradições declaradas pelo Pentágono sobre sua Força-Tarefa UAP (para estudo dos OVNIs). Abaixo está uma carta de Gough respondendo às perguntas enviadas ao Pentágono por Glassel:

Pentágono responde perguntas sobre a Força-Tarefa de estudo dos OVNIs

2 de setembro de 2020

Re: Perguntas sobre *UAPTF – Roger Glassel

[*Sigla em inglês para Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados]

Olá, Roger, desculpe a demora. Aqui estão nossas respostas às suas perguntas, incluindo as mais recentes.

1) Qual é a diferença entre a recém-criada Força-Tarefa UAP e a força-tarefa em execução anterior investigando Fenômenos Aéreos Não Identificados?

Como a maioria dos relatórios recentes sobre as observações de UAPs (OVNIs) vieram de aviadores navais, desde aproximadamente 2018, o Departamento da Marinha tem conduzido avaliações da incursão de UAPs nas áreas de treinamento do Departamento de Defesa (DOD) e no espaço aéreo designado. No ano passado, o DOD empreendeu esforços para formalizar o bom trabalho realizado pela Marinha para o DOD. Este esforço foi uma força-tarefa informal que mencionei a você anteriormente. O secretário adjunto Norquist aprovou o estabelecimento formal da UAPTF em 4 de agosto de 2020.

2) Por que o Gabinete do Secretário de Defesa (sigla em inglês, OSD)/Gabinete to Sub-Secretário de Defesa (em inglês, OUSD) decidiu estabelecer uma nova Força-Tarefa UAP substituindo a força-tarefa anterior que investigava Fenômenos Aéreos Não Identificados?

A força-tarefa foi estabelecida para atender às orientações do Congresso, incluindo o relatório dirigido pelo Comitê de Inteligência do Senado. No ano passado, o DOD empreendeu esforços para formalizar o bom trabalho feito pela Marinha para o DOD em avaliações de liderança de incursões de UAPs em campos de treinamento do DOD e espaço aéreo designado. O subsecretário Norquist aprovou o estabelecimento da UAPTF em 4 de agosto de 2020.

3) Como a OUSD (I) também era a autoridade responsável pela força-tarefa interagências de UAPs anterior, era esta a força-tarefa para a qual o ex-funcionário da OUSD (I), Sr. Luis Elizondo, estava fornecendo coordenação e conexões/ligações profissionais?

Não. Luis Elizondo saiu do DOD em 2017.

4) Qual era o nome da força-tarefa anterior que investigava fenômenos aéreos não identificados?

Não havia força-tarefa formal anterior.

5) A recém-criada Força-Tarefa UAP examinará outros aspectos da natureza e origens dos fenômenos aéreos não identificados ou a UAPTF apenas examinará o aspecto dos UAPs como uma ameaça potencial à segurança nacional dos EUA?

O Departamento de Defesa criou a UAPTF para melhorar sua compreensão e obter informações sobre a natureza e as origens das incursões de UAPs em nossos campos de treinamento e espaço aéreo designado. A missão da força-tarefa é detectar, analisar e catalogar as incursões de UAPs que podem representar uma ameaça à segurança nacional dos EUA.

6) O público será informado sobre quaisquer descobertas da UAPTF sobre a natureza e/ou origem dos fenômenos aéreos não identificados?

Exames completos de qualquer incursão em nossos campos de treinamento ou espaço aéreo designado frequentemente envolvem avaliações de todo o departamento e, conforme apropriado, consulta a outros departamentos e agências governamentais dos EUA. Para manter a segurança das operações e evitar a divulgação de informações que possam ser úteis aos nossos adversários, o DOD não discute publicamente os detalhes das observações ou do exame das incursões relatadas em nossos campos de treinamento ou espaço aéreo designado, incluindo aquelas incursões inicialmente designadas como sendo UAPs.

7) Se um observador inicialmente caracterizar uma observação como fenômeno aéreo não identificado, que não pode identificar imediatamente, e a observação não puder ser explicada posteriormente após uma análise da UAPTF, ou qualquer outro componente, como será tal observação categorizada?

Não identificada.

Saudações,

Sue Gough

Porta-voz do Departamento de Defesa

(Fonte)


Somente lembrando a todos que Suzan Gough já se contradisse algumas vezes e, em se tratando de uma porta-voz de uma agência governamental repleta de segredos de estado, por motivos óbvios os quais envolvem a segurança nacional dos EUA, não se pode confiar muito no que ela diz. Simples assim.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês!

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code