Eclipse lunar coincidirá com “Lua do Trovão”, em 5 de julho

Tempo de leitura: 2 min.

Um eclipse lunar penumbral coincidirá com a “Lua do Trovão” e o continente americano terá o privilégio de testemunhar esse fenômeno astronômico na íntegra, que ocorrerá entre a noite de sábado, 4 de julho e o amanhecer de domingo, 5 de julho.

Eclipse lunar coincidirá com "Lua do Trovão", em 5 de julho
A Lua será vista assim, com a sombra da Terra em seu topo.

A Lua do Trovão é um nome dado ao eclipse lunar penumbral que ocorre em julho. O nome se origina das tempestades de verão que acontecem durante a Lua cheia de julho no hemisfério norte.

A Lua do Trovão de 5 de julho coincidirá com um eclipse penumbral da Lua, definido por um ligeiro escurecimento da superfície da Lua, que ocorre quando nosso planeta bloqueia parcialmente a luz do Sol que reflete na Lua.

Como observado no gráfico abaixo, o início do crepúsculo – que cobrirá aproximadamente um terço da Lua na fase máxima do eclipse – no sábado e será visível na África, Europa ocidental, América do Sul, sul e leste da América do Norte e sul do Pacífico.

Um gráfico mostrando de onde será visível o eclipse lunar penumbral de 5 de julho. A parte clara do gráfico mostra onde o eclipse será visto em sua totalidade. Crédito de imagem: NASA.

O eclipse terminará na madrugada de domingo, sendo visível em seus estágios finais no extremo oeste da África, América e Pacífico.

O eclipse lunar penumbral de 5 de julho será o terceiro eclipse lunar em 2020.

Para aqueles que estão interessados ​​em observar e capturar imagens do evento cósmico, é possível verificar os horários em que o eclipse ficará visível, dependendo do seu país e cidade neste link.

Embora 2020 tenha sido difícil com tudo acontecendo, pelo menos em um contexto astronômico, podemos relaxar e observar a beleza do planeta, a Lua e o mar de estrelas.

Também vale a pena lembrar de um evento cósmico que ocorrerá em dezembro de 2020, quando ocorrerá a grande conjunção. A Grande Conjunção ocorre regularmente, a cada 19,6 anos, devido ao efeito combinado do período orbital de aproximadamente 11,86 anos de Júpiter e do período orbital de 29,5 anos de Saturno. O que acontecerá em dezembro será o mais próximo desde 1623…

(Fonte)

Já que o eclipse terá seu pico por volta da 1h30, não vou ficar acordado para ver, pois se trata somente de um eclipse penumbral, e não total. Mas sei que mesmo assim será interessante.

Se você ficar acordado, tira fotos.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.