Dr. Credo Mutwa fala sobre os alienígenas Chitauris da África

Tempo de leitura: 2 min.

Sediado na África do Sul, Baba Vusamazulu Credo Mutwa é um zulu Sangoma (curandeiro tradicional) que também escreveu histórias que tecem o folclore zulu e os encontros extraterrestres.

Dr. Credo Mutwa fala sobre os alienígenas Chitauris da África
Dr. Credo Mutwa

Depois de ficar gravemente doente na adolescência, e a medicina ocidental ortodoxa fracassar, seu avô o trouxe de volta à saúde, levando-o para receber tratamento de um curandeiro tradicional africano.

O episódio provocou um despertar espiritual e, nesse ponto, Baba Mutwa começou a questionar muitos dos estereótipos negativos e representações da espiritualidade africana perpetuados pelos missionários.

Seu avô incutiu nele a crença de que sua doença era um chamado sagrado, o que significava que ele estava destinado a se tornar um Sangoma.

Posteriormente, ele passou e passou por sua intuição como um curandeiro espiritual africano, que envolveu um incidente intrigante, onde descreveu uma abdução por alienígena nas montanhas sagradas do Zimbábue como parte da iniciação.

Os alienígenas Chitauris da antiguidade

Baba Mutwa narra os tempos mais antigos da África, nos quais os africanos não usavam a fala, mas usavam a telepatia para se comunicar uns com os outros e com a natureza.

De acordo com Baba Mutwa, essas habilidades telepáticas foram diminuídas quando a fala foi introduzida por uma espécie de seres reptilianos que ele chama de ‘Chitauris’ ou ‘os Faladores’, que, de acordo com os ensinamentos antigos dos místicos africanos, chegaram para a mineração de ouro na África Austral.

Essa antiga tradição também registra como os humanos foram alterados pelos Chitauris para que pudessem usar a fala e aprender a usar a tecnologia trazida pelos Chitauris como trabalhadores nas minas de ouro Chitauri.

O aspecto mais marcante dessa tradição é a semelhança da Teoria dos Alienígenas do Passado Annunakis, proposta por Zechariah Sitchin, embora não haja contato rastreável entre a Tradição Mística Africana e os sumérios na história recente.

Por fim, vale a pena considerar o corpo de conhecimento e sabedoria de Baba Mutwa, principalmente porque foi repassado a ele como parte do Treinamento e Iniciação Espiritual como um curandeiro tradicional africano.

Isso significa que a ideia ou conceito de alienígenas do passado não é estranha ao conhecimento e à compreensão dos africanos, o que não seria surpreendente levar em conta outras culturas em outras partes da África, como a da antiga tribo Dogon do Mali, que também registra o encontro antigo da África no passado com “professores sábios do sistema estelar Sirius”.

Em 1974, Baba Mutwa também encontrou terras em Soweto, onde estabeleceu uma vila cultural africana que conta a história do passado antigo da África e seu suposto encontro com entidades sobrenaturais da parte mais profunda do Cosmos.

(Fonte)


Pelo mundo afora podemos encontrar “lendas” do passado sobre encontros com alienígenas que estavam aqui para os mais diferentes propósitos. Será que todas esses relatos são meramente lendas, ou realmente em algum ponto de nossa história os alienígenas se sentiam mais confortáveis em contactar-nos.

É claro que hoje em dia eles seriam loucos se o fizessem abertamente, pois embora nossos armamentos não devam ser muito primitivos para as defesas deles, os humanos briguentos e assustados são capazes de danificar nosso próprio planeta atirando bombas contra aquilo que não conhecem. Como sempre tem sido, por aqui o lema desses macacos beligerantes sempre foi “atirar primeiro e perguntar depois”.

Lastimável.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.